Governo do Rio de Janeiro cria aplicativo para cadastrar auxílio dos profissionais da cultura

Com a crise do novo coronavírus em circulação, o governo estadual do Rio de Janeiro está concedendo um auxílio emergencial exclusivo para quem trabalha na área de cultura. O pagamento é previsto pela Lei Aldir Blanc e permite que o grupo passe a ter depósitos mensais durante o período de instabilidade econômica.  

publicidade
Governo do Rio de Janeiro cria aplicativo para cadastrar auxílio dos profissionais da cultura (Imagem: Google)
Governo do Rio de Janeiro cria aplicativo para cadastrar auxílio dos profissionais da cultura (Imagem: Google)
publicidade

Critérios de participação 

Para poder ser um contemplado é preciso ter uma renda per capita de até R$ 522 ou uma renda familiar total de até R$ 3.135. Além disso, o cidadão precisa comprovar que é ligado a área de cultura através de ligação com agentes ou pontos artísticos do estado.  

Outro ponto importante é que para ter acesso ao auxílio emergencial não se pode receber qualquer outro benefício do governo, seja ele previdenciário ou assistencial (exceto o Bolsa Família).

Fica proibida também a concessão do seguro-desemprego, ou estar cadastrado no auxílio emergencial geral.  

Para as mulheres chefes de família o valor depositado será em dobro e as solicitações devem ser feitas até o próximo dia 19 por meio do aplicativo.  

Informes públicos 

De acordo com a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros, mais de 5 mil pessoas já fizeram o cadastro. 

— O aplicativo é mais uma ferramenta para os profissionais realizarem o cadastro da renda emergencial — diz a secretária. 

Ela explica que com o cadastro feito o governo vem realizando uma checagem nos dados através do portal da Dataprev.

Caso as informações concedidas sejam aprovadas o cidadão passa a ser incluso no projeto. Ao todo, serão liberados cerca de R$ 104 milhões. 

Gov.RJ 

Para se conectar ao aplicativo basta instalar em seu celular. Feito isso, informe seu endereço com CEP por meio do gov.br, o portal de serviços do Governo Federal.  Automaticamente a conta será registrada e você passará a ter acesso aos benefícios. 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.