4 Perguntas frequentes sobre investimento no Tesouro Direto

O Tesouro Direto é usado por muitas pessoas como a forma mais fácil de iniciar na vida de investimentos. É um tipo de investimento que é fácil de entender, prático para investir e, o melhor, possuí poucos riscos.

4 Perguntas frequentes sobre investimento no Tesouro Direto
4 Perguntas frequentes sobre investimento no Tesouro Direto (Imagem: Reprodução/Google)

Com o Tesouro Direto é possível ter uma carteira rentável e muito protegida, tanto para investimentos para curto e longo prazo. Porém, mesmo assim, há muitas pessoas que possuem dúvidas sobre esse tipo de investimento. Veja abaixo as dúvidas mais comuns:

  • Preciso investir todos os meses?

Não é necessário investir todos os meses no Tesouro Direto, pois assim como o valor, a frequência do investimento é totalmente flexível. Dessa maneira, o cliente pode investir mais de uma vez por mês ou não investir no mês que desejar.

  • Qual título rende mais?

O Tesouro Direto possui três tipos de títulos: o Tesouro Selic, o Tesouro IPCA e o Tesouro Prefixado. Cada um possui uma rentabilidade diferente e servem, também, para objetivos distintos.

  • Tesouro Selic: é indicado para as pessoas que tem como objetivo guardar dinheiro para curto prazo. Dessa maneira, a rentabilidade é de acordo com a taxa Selic, podendo subir ou descer. A Selic é a taxa básica de juros da economia;
  • Tesouro IPCA: é para quem quer fazer um investimento para longo prazo, rendendo o valor do IPCA (Índice de Preços para o Consumidor Amplo) mais um valor fixo acima do índice, garantindo que seu dinheiro não perca o valor;
  • Tesouro Prefixado: nesse tipo de investimento você já sabe quanto o seu dinheiro vai render durante a duração do investimento. Dessa maneira, é indicado para objetivos de médio prazo.
  • Tenho que pagar o imposto de renda quando tiro meu dinheiro do Tesouro?

Não é necessário, pois o imposto de renda é descontado de forma automática sobre o lucro do seu investimento. Dessa maneira, quanto mais tempo deixar o dinheiro rendendo, menos imposto terá que pagar.

  • Por que eu coloquei dinheiro no tesouro e perdi depois de um tempo?

É comum acontecer essa variação no Tesouro Prefixado e no Tesouro IPCA, já que esses dois só garantem o lucro no vencimento deles. Por isso, só invista se não precisar usar o valor.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.