MEI: 3 passos para abrir seu pequeno negócio com CNPJ

O governo criou em 2009 o Microempreendedor individual (MEI), com o intuito de formalizar as atividades autônomas. O registro da empresa deve ser realizado no portal de serviços no Governo Federal.

MEI: 3 passos para abrir seu pequeno negócio com CNPJ
MEI: 3 passos para abrir seu pequeno negócio com CNPJ
(Imagem: Reprodução/Google)

Ao se tornar MEI é necessário cuidar dos deveres, como o pagamento do DAS e do DASN SIMEI. Com isso, os trabalhadores têm garantias, como aposentadoria, salário-maternidade, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte.

O MEI se enquadra no regime tributário Simples Nacional, portanto, deve pagar o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) que reuni os tributos da empresa (IRPJ, o CSLL, o PIS, o COFINS, o IPI, o CPP, o ISS e o ICMS).

Outra vantagem de ser MEI é adquirir um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) e poder fazer a emissão de nota fiscal, sem burocracia e de forma muito fácil e prática. A nota fiscal pode ser por venda de produtos ou prestação de serviços, ambas emitidas de forma online.

Veja abaixo 3 passos para abrir CNPJ

  1. Defina o formato de sua empresa

Há diversos tipos de categorias de empresas, sendo que cada uma possui suas especificidades e tem um processo de abertura distinto. Por exemplo, o MEI é indicado para as empresas que possuem um faturamento inferir a R$ 80 mil por ano.

Além disso, a empresa só pode ter um funcionário e não pode participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa.

  1. Defina sua atividade

Antes de emitir o CNPJ, defina qual atividade sua empresa irá desempenhar. Essa precisa estar inclusa na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).

Sabendo disso, você saberá quais tributos necessita pagar e que tipo de nota fiscal, por exemplo, precisará emitir.

  1. Escolha o regime tributário

Há três tipos de regime fiscal:

  • Simples Nacional: microempresas e médias empresas;
  • Lucro Real: empresas com receita brita anual inferior a R$ 3,6 milhões;
  • Lucro Presumido: empresas que possuam lucro inferior a R$ 78 milhões, ou R$ 6,5 milhões multiplicados pelo número de meses de atividade no ano.

Quais são os documentos para registar a micro empresa?

Para formalizar a sua empresa o MEI precisa dos seguintes documentos:

  • RG;
  • Título de eleitor ou Declaração de Imposto de Renda;
  • Dados de contato;
  • Endereço residencial;
  • Indicar o tipo de atividade econômica realizada e forma de atuação;
  • Endereço da empresa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.