Brasileiros demoram em média 12 dias para conseguir marcar perícia médica do INSS

Cerca de um mês depois da reabertura de uma parte das agências  do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o tempo médio para os segurados agendarem a sua perícia médica chega a pelo menos 12 dias. 

publicidade
Brasileiros demoram em média 12 dias para conseguir marcar perícia médica do INSS
Brasileiros demoram em média 12 dias para conseguir marcar perícia médica do INSS (Foto: FDR)

Hoje, cerca de 325 agências do INSS estão adequadas para a realização da perícia presencial. 

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o número de agências que poderão realizar perícias vai aumentar, seguindo as vistorias que foram realizadas em cronograma do instituto.

publicidade

Cerca de 26% do total de 3.500 peritos médicos federais ativos voltaram a realizar o atendimento presencialmente.

A secretaria diz que cerca de 40% dos profissionais, possuem requisitos para permanecer em trabalho remoto.

Já os outros são peritos que exercem sua função em agências que ainda não estão aptas ao retorno do atendimento presencial.

O INSS começou a fazer a reabertura das suas agências de forma gradual no dia 14 de setembro, mas o retorno de alguns peritos só começou a ser feito a partir do dia 25 do mesmo mês. 

O impasse entre o governo e a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), surgiu com questionamentos sobre as agências não possuírem segurança suficiente contra o novo coronavírus.

Em nota, a secretaria afirmou que “Com medidas para intensificar a reabertura das agências e aumentar o número de peritos em atendimento, a expectativa é de que até dezembro o número chegue a mais 1.800 peritos, com capacidade de trabalho de cerca de 400 mil perícias mensais, o que é suficiente para atender a demanda”.

publicidade

A perícia é essencial para a concessão de diversos benefícios como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, BPC (Benefício de Prestação Continuada), e entre outros.

Antecipações no INSS

Apesar das perícias terem retornados nas agências, os segurados podem pedir a antecipação do auxílio-doença e BPC, de forma remota, até o dia 31 de outubro.

Para isso, o segurado deve anexar um atestado médico junto ao requerimento, feito, exclusivamente, pelo “Meu INSS”.

publicidade

Só estão sendo atendidos os segurados com agendamento feito pelo Meu INSS, ou pelo telefone 135.

Como fazer o agendamento?

O agendamento pode ser realizado pelo segurado por meio de três canais: site ‘Meu INSS’; aplicativo de celular ‘Meu INSS’ e pela Central telefônica 135.

1- Acesse o aplicativo ou site do ‘Meu INSS’;

publicidade

2- Efetue o login na plataforma;

3- Clique em ‘Agendar Perícia’

4- Selecione uma das opções: ‘Perícia inicial’; ‘Perícia de prorrogação’; e “Remarcar perícia” (reagendamento);

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

5- Siga os próximos passos e finalize o agendamento

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.