PIX: Cinco principais pontos para entender a nova solução de pagamentos do Banco Central

O Banco Central (BC) desenvolveu uma nova ferramenta de pagamentos instantâneos chamada Pix. Os serviços serão feitos de forma gratuita para pessoas físicas e já está disponível o cadastramento no sistema também de forma gratuita. A nova solução  começará a funcionar a partir do dia 16 de novembro

PIX: Cinco principais pontos para entender a nova solução de pagamentos do Banco Central
PIX: Cinco principais pontos para entender a nova solução de pagamentos do Banco Central (Imagem: Google)

O que é o Pix?

O objetivo é de melhorar a forma em que são feitas transações financeiras, um novo sistema desenvolvido pelo BC a fim de efetuar pagamentos e transferências a qualquer momento de forma instantânea.

Além deste fator, o mercado projeta expectativas que o sistema possa substituir DOCs e TEDs, por ser gratuito e estar disponível a qualquer hora, todos os dias da semana e a quantia cair instantaneamente. 

Como obter o Pix?

O Pix estará disponível somente para pessoas que possuem conta em bancos, fintechs ou carteiras digitais. Essas instituições têm permissão do Banco Central para disponibilizar a ferramenta Pix aos seus clientes, portanto o primeiro passo para aderir ao sistema é possuir conta em uma dessas empresas.

Após ter verificado isso, vá ao aplicativo da sua respectiva instituição bancária e cadastre sua chave no sistema Pix. A chave cadastrada irá substituir seus dados bancários ao receber dinheiro na sua conta. A pessoa que for efetuar a transferência precisará apenas saber qual é a sua chave. 

Chaves PIX

É possível ter pelo menos três chaves cadastradas: uma com CPF, outra com e-mail e a última com o número de celular.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Ao cadastrar a chave, ela será seu dado principal na ferramenta. Por exemplo, caso você tenha feito o cadastro da sua chave com o número de celular, quem for efetuar a transferência para sua conta não irá precisar mais dos seus dados bancários, somente do número do celular.

Com esse dado o dinheiro cai instantaneamente na conta da instituição bancária que ele foi cadastrado. 

É possível utilizar chaves diferentes

Caso queira cadastrar cada chave em uma instituição bancária diferente é possível. Também existe a possibilidade de transferir a chave caso queira cadastrá-la em outro banco. 

Quando o Pix poderá ser utilizado?

A fase de cadastros das chaves já começou, porém a ferramenta só irá começar a funcionar a partir do dia 16 de novembro.

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.