PIB: Boletim Focus projeta queda de 5,02% do produto interno bruto neste ano

O Banco Central (BC) divulgou hoje (5) o Boletim Focus, com uma menor queda para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. A previsão anterior seria de uma queda de 5,04%, sendo que hoje mudou para 5,02%. Quatro semanas atrás, a previsão para o PIB era de queda de 5,31%. Esta é a quarta semana consecutiva de diminuição da porcentagem.

Boletim Focus projeta queda de 5,02% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano
Boletim Focus projeta queda de 5,02% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O PIB segue tendo a expectativa de se manter em 3,50% para 2021, de acordo com os analistas. Será a décima nona semana consecutiva com a mesma porcentagem. De acordo com o IBGE, o PIB havia caído em 9,7% no segundo trimestre de 2020.

Outras projeções

Com relação ao valor da taxa básica de juros (Selic), se manterá em 2%. Este número representa o décimo quarto mês seguido sem mudança, sendo a menor taxa histórica. Para 2021, a projeção é igual a da semana anterior, de 2,50%. Há quatro semanas, a projeção era de 2,88%.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve uma alta na previsão ao fim do ano, na porcentagem de 2,12%. Há uma semana, a previsão era de 2,05% e há quatro semanas, o valor era de 1,78%. Dessa forma, a alta representa a oitava semana seguida.

A taxa de câmbio do real para o dólar permaneceu em R$ 5,25, sendo o mesmo valor por cinco semanas consecutivas. Já com relação à projeção para 2021, a estimativa é de R$ 5,00, o que representa a décima segunda semana de previsão.

Sobre a dívida líquida do setor público em relação ao PIB, a pesquisa indicou que a previsão para este ano foi de 67,55%. Tanto semana passada, quanto quatro semanas atrás, a estimativa era de 67,00%. Com relação a 2021, a previsão passou para 70,00%, sendo que, há uma semana, a porcentagem era de 69,95%. Há quatro semanas, a projeção era de 69,83%.

O resultado nominal do PIB indicou déficit de 15,70%. Na semana anterior, a queda prevista era de 15,50% e, no mês anterior, de 15,00%. Para o ano seguinte, os economistas do mercado financeiro projetaram o déficit em 6,50%, o mesmo valor da semana anterior.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.