Inadimplência do Minha Casa Minha Vida chega a 24% para faixa 1 em Alagoas

De acordo com os dados que o Jornal Gazeta de Alagoas teve acesso, até o mês de julho deste ano cerca de 24% dos beneficiários da faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, estavam inadimplentes com o financiamento. 

Inadimplência do Minha Casa Minha Vida chega a 24% para faixa 1 em Alagoas
Inadimplência do Minha Casa Minha Vida chega a 24% para faixa 1 em Alagoas (Foto: Google)

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), informou que isso representa cerca dos 12.293 dos beneficiários dos 54.369 em Alagoas. Apesar disso, não se tem o número do montante total da dívida. 

A faixa 1 atende as famílias mais pobres, que possuem renda de até R$1.800. Isso permite que o governo pague 90% do valor do imóvel, e os 10% pagos pelos beneficiários são divididos em até 120 prestações, ou seja,10 anos.

O valor das prestações variam entre R$80 a R$270, sem juros. Na faixa 1,5, a renda familiar é de até R$ 2.600. Para as famílias com renda entre R$ 1.200, o subsídio é de até R$ 47,5 mil.

Para famílias com renda entre R$ 1.200 e R$2.600, o subsídio vai sendo reduzido progressivamente.

E o restante é financiado pelo banco em até 30 anos, com juros de 5% ao ano. O valor máximo do imóvel é de R$ 144 mil.

As famílias com renda até R$ 4.000, se encaixam na faixa 2. Para família com renda bruta de até R$ 1.800, o programa paga R$ 29 mil de subsídio.

Já para famílias com renda entre R$ 1.800 e R$ 4.000, o valor do subsídio vai sendo reduzido progressivamente.

O restante é financiado com taxas de 6% a 7% ao ano e o valor máximo do imóvel é de R$ 240 mil.

E as famílias que se encaixam na faixa 3 são as com renda de até R$ 9 mil. Nessa modalidade não há subsídio, apenas juros menores em relação aos cobrados pelos bancos. A taxa é de até 9,16% ao ano e o valor máximo do imóvel: R$ 300 mil.

Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado no ano de 2009, para subsidiar a casa própria para famílias de baixa renda e oferecer condições atrativas de financiamento para as moradias populares.

Atualmente, o Minha Casa Minha Vida é dividido por faixas de renda familiar, que determinam valor e a origem do subsídio para o financiamento. Assim como os pré-requisitos para participar do programa. 

Por meio dessas faixas também são decididos os juros e as condições de financiamento para cada família.

Contratações

No estado de Alagoas, as contratações da faixa 1 em 2018 foram de 632, uma queda de cerca de 96,7%.

O auge do programa no estado foi em 2010 quando foram registradas cerca de 19.426 contratações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.