Governo de Pernambuco cria novo cronograma para aulas a fim de evitar horário de pico

As instituições de ensino do estado de Pernambuco estão autorizadas a, gradativamente, retornarem as atividades presenciais a partir do dia 6 de outubro deste ano. O retorno, porém, pede cautela. Segundo o governo do estado, a volta depende de uma troca no horário de início das atividades, como forma de evitar os horários de pico.

Governo de Pernambuco cria novo cronograma para aulas a fim de evitar horário de pico
Governo de Pernambuco cria novo cronograma para aulas a fim de evitar horário de pico (Imagem: Reprodução / Google)

Ao invés de ter início às 7h, como de costume, o horário deverá ser adiado. As atividades presenciais só podem começar entre às 8h e 8h30.

O governo acredita que a medida vai fazer com que as famílias se livrem do trânsito mais intenso. A medida foi anunciada na quarta-feira (30).

“O horário normal de início das aulas ocorre, geralmente, entre as 7h e 7h30. Fizemos um estudo junto à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação e ao Grande Recife Consórcio de Transporte e vamos deslocar o horário para o período entre 8h e 8h30, para fugir do horário de pico”, explicou o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amancio, em coletiva de imprensa.

O governo ainda pretende divulgar um protocolo de segurança com várias medidas que deverão reger o “novo normal” nas instituições de ensino, sendo seguidas tanto pelos funcionários quando pelos alunos.

Vale ressaltar que as instituições particulares são livres para decidir quando voltarão com as atividades presenciais, sempre seguindo as regras estabelecidas pelo governo.

Se desejarem, podem seguir apenas com o ensino remoto, pela internet, ou no sistema híbrido, intercalando entre atividades presenciais e à distância.

“Vamos refazer as estruturas de horários das nossas escolas. Isso vale também para as instituições de ensino privadas, que devem adotar todos os protocolos de prevenção do novo coronavírus”, falou Fred Amancio.

O estado de Pernambuco terminou o mês de setembro com 147.171 casos da Covid-19 e 8.251 óbitos. Os números são a soma dos registros que começaram a ser contabilizados no mês de março, no início da pandemia no país.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA