Dólar abre a quarta-feira em alta influenciado pelo Renda Cidadã e debates nos EUA

O dólar abre o dia em alta nesta quarta-feira (30) influenciado pelas incertezas sobre o programa social brasileiro Renda Cidadão e o debate presidencial entre Donald Trump e Joe Biden nos EUA. Por volta das 9h14, o dólar operava em alta de 0,41%, sendo negociado a R$ 5,663.

Dólar abre a quarta-feira em alta influenciado pelo Renda Cidadã e debates nos EUA
Dólar abre a quarta-feira em alta influenciado pelo Renda Cidadã e debates nos EUA (Imagem: Reprodução/Google)

Cenário nacional

Aqui no Brasil, o anúncio do novo programa social, Renda Cidadã, realizado nesta última segunda-feira (28) por membros do Governo Federal e pelo ministro da economia, Paulo Guedes, causou grande repercussão entre os investidores brasileiros.

Segundo especialistas, a estratégia que o governo pretende utilizar para arranjar recursos financeiros para o programa social causa grande descontentamento, sendo classificada como “populista” e “descompromissada” pela maioria dos investidores.

Na proposta apresentada pelo governo Bolsonaro, o Renda Cidadã viria substituir o Bolsa Família, sendo bancado por recursos que deveriam ser destinados a pagamentos de precatórios e ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Cenário externo

Na noite desta última terça-feira (29) o atual presidente e republicano Donald Tramp e o democrata Biden se enfrentaram em um debate na TV Fox News pela primeira vez.

Biden chegou a chamar Trump de “palhaço”, “mentiroso” e “racista” enquanto o atual presidente não respeitava o tempo de suas falas nem o de seu rival.

Em uma pesquisa realizada pela CBS News após o debate, 48% dos eleitores acreditam que Biden ganhará as eleições, já 41% apostam na reeleição de Trump. 69% dos norte-americanos entrevistados se mostraram confusos e irritados com o debate assistido.

Em meio à tudo isso, o Reino Unido divulgou 7.143 novos casos de coronavírus no dia de ontem, sendo o maior registro até agora. A Alemanha demonstra-se determinada a novas restrições para deter a disseminação do vírus no país.

Principais Índices Mundiais

Hoje, por volta das 7h da manhã, os índices da bolsa de valores de Nova York (S&P 500) operavam em queda de 0,77%. Já o Reino Unido (FTSE100) apresentou uma queda de 0,17%. A de Frankfurt (DAX30) registrou uma baixa de 0,58%. A bolsa de Paris (CAC40) apontou uma queda de 0,46%. Já o mercado asiático apresentou uma alta 0,79% em Hong Kong (Hang Seng) e uma queda de 1,50% no Japão (Nikkei).

Última cotação

Na última sessão desta terça-feira (29), o dólar encerrou em alta de 0,14%, sendo negociado a R$ 5,641.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.