Saque aniversário do FGTS: Aniversariantes de setembro têm até amanhã (30) para aderir

Os trabalhadores que fazem aniversário em setembro e possuem contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), podem aderir ao saque aniversário até essa quarta-feira (30).

Saque aniversário do FGTS: Aniversariantes de setembro têm até amanhã (30) para aderir
Saque aniversário do FGTS: Aniversariantes de setembro têm até amanhã (30) para aderir (Imagem: Reprodução Google)

Se a adesão for feita até amanhã, os trabalhadores vão receber uma parcela do seu fundo ainda este ano.

Aqueles que não aderirem até o último dia do mês poderão fazer essa escolha depois, mas o saque acontecerá apenas em 2021.  

Essa mudança para a modalidade de saque aniversário é opcional e deve ser informada à Caixa pelo aplicativo FGTS, pelo site: fgts.caixa.gov.br, ou pelo internet banking do banco.

Se optar por essa modalidade, o trabalhador poderá retirar uma parte de seu saldo das contas do FGTS anualmente. Mas, ao optar por ela, perde a chance de retirar o valor integral do fundo caso seja demitido.

Apesar disso, à multa rescisória de 40% paga pela empresa no caso de desligamento sem justa causa continua sendo um direito.

Mesmo nesta opção de saque, o trabalhador continua com o direito da retirada de saldo do FGTS para a realização de compra da casa própria, nos casos de aposentadoria ou doença grave.

O prazo para fazer essa adesão e ter acesso à primeira parcela anual ainda em 2020 termina sempre no último dia do mês de nascimento do trabalhador. 

O saque do dinheiro segue um calendário com base no aniversário do cotista. Os nascidos em setembro que aderirem à modalidade ainda nesta quarta-feira poderão sacar os recursos até novembro de 2020.

Como funciona?

Todos os anos, o trabalhador terá a sua disposição o saque pelo período de três meses, a partir do primeiro dia útil do mês do aniversário do trabalhador.

O valor anual para a retirada equivale a um percentual do saldo de cada trabalhador. Para contas com até R$ 500, serão liberados 50%. O percentual será reduzido quanto maior for o valor disponível, até 5%.

Para as contas com mais de R$ 500, os saques ainda serão acrescidos de uma parcela fixa de R$ 50 até R$ 2.900, dependendo do caso. Confira abaixo a tabela completa: 

Imagem: Caixa Econômica

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA