Unipam estuda retorno das aulas presenciais para 13 de outubro

O governo de Minas Gerais decidiu liberar, em alguns casos, a volta às aulas no estado na próxima semana. Com isso, o Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) vai começar a estudar uma boa forma de retomar as aulas presenciais.

publicidade
Unipam estuda retorno das aulas presenciais para 13 de outubro
Unipam estuda retorno das aulas presenciais para 13 de outubro (Foto: Google)
publicidade

De acordo com o reitor do Unipam, Milton Roberto de Castro Teixeira, a expectativa é que o Campi do Centro Universitário sejam reabertos após o dia 13 de outubro.

Uma reunião que foi realizada na quarta-feira (23), foi autorizado o retorno das atividades presenciais nas faculdades do ensino superior e escolas técnicas. 

As aulas serão permitidas nas cidades que estiverem inseridas na “onda amarela”. Nas escolas de ensino básico e médio, o retorno deve acontecer a partir do dia 5 de outubro, porém, nas cidades em que estiverem na “onda verde”.

A reitoria do Centro Universitário de Patos de Minas determinou que no dia 13 de outubro para que possa voltar às aulas presenciais. 

O reitor, Milton Roberto de Castro Teixeira, mesmo autorizado o retorno, será preciso aguardar a divulgação dos protocolos pelo Governo do Estado.

Depois disso, será necessário fazer as adequações necessárias nos Campi para garantir a segurança dos alunos, professores e funcionários. Desde o início da pandemia, as aulas do Centro estão sendo realizadas de forma remota.

O reitor informou que mesmo após a retomada das atividades de forma presencial, a ideia é continuar com as aulas por meio das plataformas digitais. 

Isso vai permitir que os estudantes optem se deseja frequentar a sala de aulas ou se prefere assistir às aulas por meio da internet.

Educação Básica

Para a educação básica, que inclui a educação infantil, ensino fundamental e médio só devem retornar de forma presencial nas regiões que estão na “onda verde” do Minas Consciente.

Depois de publicado o protocolo sanitário do Estado, a decisão de reabertura das escolas será dos municípios. 

Os protocolos de saúde serão únicos e aplicado em todas as escolas. As escolas redes particular e municipal, vão ter autonomia para definir a estratégia de retorno, como a ordem das turmas que retornarão às salas de aula e se as aulas já começaram no dia 5 de outubro.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.