Saques através do PIX podem ser liberados no próximo ano, diz BC

O Banco Central (BC) afirmou no último dia 14, que está desenvolvendo uma forma de efetuar saques por meio do sistema Pix. A proposta será de disponibilizar a funcionalidade ao público no segundo trimestre do ano que vem.

Banco Central afirmou que disponibilizar o sistema Pix ao público em março de 2020
Banco Central afirmou que disponibilizar o sistema Pix ao público em março de 2020 (Imagem: Reprodução/Twitter)

O Pix é um sistema de transferências e pagamentos instantâneos. O intuito é de baratear o custo das operações e tornar mais ágil, já que as transações acontecerão em até 10 segundos. O sistema está previsto para chegar dia 16 de novembro no Brasil.

O Banco Central afirmou, em sua conta no Twitter que: “O Banco Central está desenvolvendo um projeto para possibilitar a realização de saques nos estabelecimentos comerciais, utilizando o Pix, o pagamento instantâneo brasileiro, que será lançado em novembro”.

“A possibilidade de sacar em estabelecimentos comerciais vai dar mais opções de saque para toda a população, independentemente da instituição na qual os cidadãos possuam conta, além de trazer mais conveniência e capilaridade ao serviço”, complementa.

Vantagens do serviço

O sistema possui a vantagem de funcionar 24 horas por dia, todos os dias da semana. O pagamento pode ser feito próprio celular, por meio do QR Code. As empresas teriam custos menores, pela facilidade no pagamento e diminuição dos gastos para o fluxo do dinheiro físico.

Segundo Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, o Pix “é um instrumento que faz com que a gestão de fluxo de caixa atinja um novo patamar de eficiência. Menos custos significa mais margem [de lucro] para quem está de um lado e menos preço para quem está no outro”.

O presidente também ressaltou a importância para a situação atual de pandemia e crise financeira.  Este recurso pode se tornar bastante útil para o país em que as compras digitais estão em alta.

“Há um movimento de inovação que se acelerou em várias áreas”, declarou, na abertura do seminário virtual Conexão Pix.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.