Prefeitura de São Paulo vai anunciar hoje (17) como deve funcionar a volta às aulas

Nesta quinta-feira (17), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas vai anunciar quando e de que forma serão retomadas as aulas presenciais nas redes municipal, estadual e privada na capital. Isso será feito na coletiva de imprensa que está marcada para hoje às 12 horas.

Prefeitura de São Paulo vai anunciar hoje (17) como deve funcionar a volta às aulas
Prefeitura de São Paulo vai anunciar hoje (17) como deve funcionar a volta às aulas (Foto:Google)

Mesmo que o governo do estado já tenha dado o aval para que fossem retomadas as atividades desde o dia 8 de setembro, a prefeitura decidiu esperar o resultado da última etapa do inquérito sorológico.

Com estes números pretende identificar quantas crianças e jovens já tiveram o novo coronavírus na cidade.

Essa primeira fase da testagem foi realizada apenas com os alunos da rede municipal, que apontou que 18,9% das crianças de 4 a 14 anos já foram infectadas pelo coronavírus. 

A segunda etapa de testes, no qual o governo deve apresentar os resultados hoje (17), envolve os estudantes das redes privadas e estaduais.

Em entrevista, o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares criticou o inquérito sorológico como uma ferramenta para que seja definida a volta às aulas.

“O indicador não deve ser o único. É importante ter protocolos de volta gradual. Nós estaremos à mesa para discutir com a prefeitura de São Paulo, respeitando a autonomia”, disse ele.

Nesta quarta-feira (16), o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente divulgou uma nota em que define como precipitada a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares neste momento. 

Além disso, o Conselho defende que a volta só seja realizada seguindo os critérios mínimos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Covas disse, em uma entrevista coletiva na inauguração do Hospital Municipal Bela Vista, que a prefeitura ainda está avaliando as possibilidades para a retomadas das atividades escolares em conjunto com às Secretarias de Educação e da Saúde.

A estratégia do município é similar ao protocolo adotado pelo estado, mas a diferença é que com um atraso de um mês.

Caso seja confirmado, a partir do dia 7 de outubro, a cidade permitiria a retomada de atividades de reforço e extracurriculares.

E somente em novembro haveria a liberação para realizar a retomada das aulas presenciais nas escolas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA