PONTOS CHAVES

  • INSS volta a crise com atraso na concessão dos benefícios
  • Retomada presencial tem centrais de atendimentos travadas
  • Perícias médicas foram suspendidas sem previsão de retorno
  • Número de serviços é reduzido nas agências

Retorno do INSS gera nova crise do instituto. Nessa semana, as agências para atendimento dos benefícios de previdência social foram reabertas em todo o país. Após meses paralisados pela pandemia do novo coronavirus, os serviços voltaram a funcionar, mas já apresentam um verdadeiro colapso. Entre as principais queixas, está o fato de que as linhas telefônicas não funcionam e os portais eletrônicos seguem fora do ar.

publicidade
INSS entra em CRISE após retorno conturbado das agências no país (Imagem: Google)
INSS entra em CRISE após retorno conturbado das agências no país (Imagem: Google)
publicidade

Para poder reabrir suas agências o INSS precisou instaurar uma nova forma de agendamento. Todos os cidadãos que desejarem comparecer até uma das unidades precisam, antes de mais nada, marcar dia e horário pela central 135 ou pelo Meu INSS. Porém, com o grande número de demandas, ambos os canais caíram.

Para os moradores do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, os meios de atendimento estão totalmente paralisados. Ao tentar contactar o INSS, os cidadãos são informados de que o sistema está fora do ar.

O mesmo acontece em diversas outras regiões nacionais, fazendo com que as filas de solicitações de benefícios voltem a crescer consideravelmente.

Ligações ultrapassam o dobro da capacidade

De acordo com um levantamento do próprio INSS, somente nessa terça-feira (15) foram registradas mais de 500 mil ligações. A quantia é mais do que o dobro das ligações diárias feitas nos últimos meses, registrando um recorde histórico.

Já no Meu INSS, o sistema não carrega. A página permanece sobrecarregada, fazendo com que o acesso se torne inviável para os milhares de usuários que estão tentando reservar um horário.

“Informamos que, identificado o excesso de ligação de locais específicos, as centrais que atendem o 135 conseguem remanejar as ligações entre uma central e outra, para que o atendimento seja feito de forma mais rápida”, explicou o INSS por nota.

Suspensão das perícias

Outra decisão que acabou agravando o cenário foi a de suspender as perícias. O serviço médico será paralisado, pois ainda é preciso realizar uma série de vistorias e aplicar medidas de segurança para evitar a contaminação por covid-19.

Dessa forma, os segurados seguem sem informações sobre como farão suas avaliações médicas para ter acesso aos seus benefícios. Isso fez com que muitos passassem a ligar para a central de atendimento visando obter explicações sobre como será o andamento dos pagamentos.

INSS entra em CRISE após retorno conturbado das agências no país (Imagem: Google)
INSS entra em CRISE após retorno conturbado das agências no país (Imagem: Google)

“A gente já está identificando os estados que foram os responsáveis por esse pico de ligações e, ao saber disso, a gente consegue redistribuir as chamadas previstas nos próximos dias nesses estados onde houve pico para centrais que ficaram menos sobrecarregadas”, disse ao Bom Dia Brasil Jobson Silveira, diretor de atendimento do INSS.

O gestor explicou ainda que está estudando uma possibilidade de remarcar as perícias de ‘forma ativa’. Para isso, o cidadão ainda precisará entrar em contato pelo 135 ou pelo Meu INSS para conferir se a remarcação foi feita ou não. No entanto, será preciso esperar pelo descongestionamento de ambos os canais.

Sobre a retomada das perícias, o INSS informou que ainda não poderá dar um prazo, mas que está adiantando as medidas necessárias para que voltem a ser feitas em breve e com segurança.

É importante salientar que, entre hoje e a próxima quarta-feira (16/09), o INSS e a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, que representa a PMF (Perícia Médica Federal), farão as inspeções nas salas de perícia médica, a fim de viabilizar o retorno das atividades periciais o mais breve possível”, informou, em nota, o instituto.

Serviços oferecidos no INSS

Dessa forma, quem conseguir comparecer a uma unidade do INSS poderá resolver os seguintes procedimentos:

  • avaliação social;
  • cumprimento de exigências;
  • justificação administrativa ou judicial;
  • reabilitação profissional.

Os demais, permanecem sendo feitos pela internet ou estão paralisados (aqueles que precisam de avaliação médica) temporariamente.

Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.