Se você realiza investimentos ou deseja ainda fazer parte do mercado financeiro, é bem provável que já tenha ouvido falar sobre os dividendos. Mas, afinal o que significa essa palavra e qual a importância para esse segmento? Confira logo abaixo:

publicidade
Entenda o que são os dividendos
Cédulas de dinheiro. Foto: Marcos Santos/USP Imagens
publicidade

O que são os dividendos?

Os dividendos são partes dos lucros de uma empresa que são distribuídos entre os seus acionistas como forma de retribuição pelo investimento realizado.

Assim que uma pessoa compra ações de determinada companhia, ela se torna um acionista e passa a ter direito ao lucro líquido da empresa. Os pagamentos são proporcionais à quantidade de ações possuídas pelo investidor.

Por que as empresas realizam esses pagamentos?

De acordo com a Lei das S/As de 1976, as empresas listadas na Bolsa de Valores devem distribuir percentual do lucro entre os acionistas, conforme o estatuto social da empresa.

Além da questão obrigatória, as empresas oferecem o pagamento como forma de atrair mais investimentos e recompensar os sócios do negócio. No entanto, se em determinado período a empresa não tiver lucros, não haverá a distribuição de dividendos.

Quando os pagamentos ocorrem?

Os pagamentos podem acontecer de forma mensal, trimestral, semestral ou anual. A decisão é de acordo com a empresa. O site de Relação com Investidor (RI) avisa a data em que será feito o pagamento seguinte. O valor a ser recebido cai diretamente na conta da corretora do acionista.

Como é feito o cálculo?

É possível chegar ao número exato calculando a Dividend Yield (DY), como forma de saber o quanto uma empresa conseguiu de dividendos em determinado período.

Para isso, realize a seguinte equação:

Dividendos pagos por ação / Cotação da ação = Dividend Yield

Caso queira chegar ao percentual:

Dividendos pagos por ação / Cotação da ação x 100 = Valor percentual

Como investir?

As grandes empresas costumam pagar bons dividendos, pois já estão sólidas no mercado e se utilizam dos lucros para remunerar os acionistas. Sendo assim, ao mesmo passo que essas instituições recebem investidores, também conseguem valorizar as ações.

Normalmente, empresas do setor de energia e bancário costumam pagar bons dividendos no país. Escolha ações, não apenas pelo pagamento, mas também pela perspectiva de crescimento. Dessa forma, poderá haver maiores lucros em longo prazo.

Por fim, caso queira potencializar os lucros, aproveite o valor recebido para comprar mais ações.

Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.