FGTS poderá ser usado em nova linha de financiamento imobiliário do Itaú

Nesta quinta-feira (9), o Itaú Unibanco está fazendo o lançamento de crédito imobiliário que é corrigido pela caderneta de poupança. Os bancos querem conquistar mais clientes com operações de longo prazo, por isso, a concorrência tem ficado cada vez mais acirrada.

FGTS poderá ser usado em nova linha de financiamento imobiliário do Itaú
FGTS poderá ser usado em nova linha de financiamento imobiliário do Itaú (Foto: Google)

Depois da taxa de juros do país, Selic, ter caído e atingido a sua mínima histórica por conta da pandemia do novo coronavírus, os bancos puderem oferecer novas condições de empréstimo e financiamento. 

O Itaú vai começar a oferecer empréstimos para a realização da compra da casa própria com uma taxa fixa de 3,99%  junto com o juro remuneratório da poupança. 

Com isso, o índice chegará à 5,39% ao ano, de acordo com o material disponibilizado pelo banco.

O argumento para a venda desse produto é a definição de um teto de taxas de juros, chegando a 10,16% ao ano. O cliente não será avisado quando a taxa do contrato subir.

O Itaú afirmou que “Na nova linha o cliente economiza e não tem surpresas desagradáveis ao longo do contrato, como acontece no modelo de indexador atrelado ao IPCA praticado pelos concorrentes”.

Essa nova taxa permite que os solicitantes usem como parte de pagamento o FGTS, isso desde que o financiamento esteja dentro das regras da Caixa Econômica, banco responsável pelo fundo de garantia.

Sendo assim, o comprador pode compor a sua renda com mais uma pessoa. O produto vai utilizar o Sistema de Amortização Constante (SAC), que funciona abatendo parte do valor pago nas parcelas diretamente do saldo devedor.

A linha é apenas para os imóveis residenciais e o valor de entrada deve ser de no mínimo 18% do valor de avaliação do imóvel.

Por enquanto, o Itaú não deve permitir que seja realizada a portabilidade do financiamento em outros bancos. Assim como a migração entre a taxa de juros da poupança para uma pré-fixada durante o período do contrato.

Em agosto do ano passado, a Caixa já tinha anunciado uma linha de crédito imobiliário referenciada no IPCA.

A migração de linhas atuais que estão com outros índices para este da poupança serão analisados. A linha deve ser lançada oficialmente pelo banco na sexta-feira (10).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA