Seguro desemprego: Solicitação presencial em MG já pode ser feita nos postos UAIs

Em agosto, as Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), em Minas Gerais, retomaram o atendimento presencial para a solicitação do seguro desemprego. Para ser atendido em uma das unidades, é preciso fazer um agendamento prévio nos canais oficiais do Governo de Minas, o Portal MG e o aplicativo MG Cidadão.

Seguro desemprego: Solicitação presencial em MG já pode ser feita nos postos UAIs
Seguro desemprego: Solicitação presencial em MG já pode ser feita nos postos UAIs (Imagem reprodução Google)

Diversos outros serviços são ofertados nas 20 UAIs espalhadas em todo o estado de Minas.

De acordo com o governo do estado de Minas Gerais, o seguro desemprego agora pode ser solicitado também nas unidades de: Araçuaí, Barbacena, Caratinga, Coronel Fabriciano, Divinópolis, Lavras, Muriaé, Paracatu, Passos, Patos de Minas e Ponte Nova.

Ainda segundo o governo, as unidades estão seguindo rígidos padrões de controle para evitar a transmissão do coronavírus. É obrigatório o uso de máscaras para entrar em uma UAI. 

Quem tem direito ao seguro desemprego

Tem direito ao benefício o trabalhador que: 

  • Tiver sido dispensado sem justa causa;
  • Estiver desempregado, no momento do requerimento do benefício;
  • Ter recebido salários de pessoa jurídica ou pessoa física equiparada à jurídica (inscrita no CEI) relativos a:
  • Pelo menos 12 (doze) meses nos últimos 18 (dezoito) meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando da primeira solicitação;
  • Pelo menos 9 (nove) meses nos últimos 12 (doze) meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando da segunda solicitação; e
  • cada um dos 6 (seis) meses imediatamente anteriores à data de dispensa, quando das demais solicitações;
  • Não possuir renda própria para o seu sustento e de sua família;
  • Não estiver recebendo benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto pensão por morte ou auxílio-acidente.

Documentos necessários para solicitar o benefício

  • Comunicação de Dispensa (CD) – via marrom – e Requerimento do Seguro-Desemprego-SD – via verde;
  • Termo de rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT), acompanhado do Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho (nas rescisões de contrato de trabalho com menos de 1 ano de serviço), ou do Termo de Homologação de Rescisão do Contrato de Trabalho (nas rescisões de contrato de trabalho com mais de 1 ano de serviço);
  • Carteira de Trabalho;
  • Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento com Protocolo de requerimento da Carteira de Identidade, ou Carteira Nacional de Habilitação – CNH (modelo novo), dentro do prazo de validade, ou Passaporte, ou Certificado de Reservista.
  • Comprovante de inscrição no PIS/PASEP;
  • Documento de levantamento dos depósitos no FGTS ou extrato comprobatório dos depósitos;
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF.
  • Comprovante dos dois últimos contracheques ou recibos de pagamento para o trabalhador formal.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.