LIBERADO! Auxílio emergencial vai ser pago até dezembro com valor menor

PONTOS CHAVES

  • Governo confirma novas parcelas do auxílio emergencial
  • Pagamento será feito até o mês de dezembro
  • Cadastrados do Bolsa Família serão os primeiros a receber
  • Calendários seguem em andamento

Novas parcelas do auxílio emergencial são confirmadas até o mês de dezembro. Nessa terça-feira (01), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que irá conceder mais 4 rodadas do coronavoucher. Cada pagamento contará com o valor de R$ 300 por segurado, o que significa uma redução de R$ 300 em comparação com a versão original do projeto. O texto deverá ainda ser aprovado pelo Congresso Nacional, mas passará a ter validade imediata. Entenda como funcionará.  

LIBERADO! Auxílio emergencial vai ser pago até dezembro com valor menor (Imagem: Google)
LIBERADO! Auxílio emergencial vai ser pago até dezembro com valor menor (Imagem: Google)

Mediante a permanência do novo coronavírus em todo o território nacional, o governo federal precisou reavaliar o cronograma de suspensão do auxílio emergencial.

Desse modo, o projeto que estaria sendo finalizado até o fim do mês, agora deverá ser mantido até dezembro. No entanto, os segurados terão um reajuste de R$ 300 a menos nas novas parcelas. 

Situação de quem recebe pelo Bolsa Família  

Até o momento, é importante lembrar que os únicos contemplados com as cinco parcelas foram os beneficiários do Bolsa Família. Dessa forma, para esse grupo, os novos pagamentos se manterão até dezembro apenas para aqueles que recebem um valor menor que R$ 300 pelo BF.  

Outra observação relevante é que, no caso das mulheres chefes do lar, não haverão liberações de R$ 1.200. De acordo com os informes de Bolsonaro, o programa terá apenas condições de conceder os R$ 300 por cadastro.  

Os calendários de pagamento para esse grupo já estão disponíveis, sendo os mesmos já determinados pelo Ministério da Cidadania. A ordem de recebimento varia de acordo com o número final do NIS e os saques podem ser feitos das agências da Caixa Econômica Federal ou das Casas Lotéricas.  

Pagamentos para inscritos pelo site ou aplicativo  

Nesse caso, a definição das datas variam de acordo com o lote dos cadastrados. Para poder saber em que grupo se enquadra, basta verificar a data em que foi aceito no programa.

O mês de validação do benefício está sendo utilizado para determinar a ordem de seu pagamento. Confira: 

  • Lote 1: aprovados em abril 
  • Lote 2: aprovados que receberam a primeira parcela em maio 
  • Lote 3: aprovados que receberam a primeira parcela em meados de junho 
  • Lote 4: aprovados que receberam a primeira parcela de 27 de junho a 4 de julho 
  • Lote 5: inscritos entre os dias 17 de junho e 2 de julho 
  • Lote 6: tiveram o benefício negado e fizeram a contestação entre 24 de abril e 19 de julho 
  • Lote 7: inscritos nas agências dos Correios entre 8 de junho e 2 de julho e quem fez a contestação entre 3 de julho e 16 de agosto

Pagamentos do primeiro lote do auxílio emergencial 

Parcelas para receber: 

  • 5ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências. 
  • 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas.

Pagamentos do segundo lote 

Parcelas para receber: 

  • 4ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.  
  • 5ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências. 
  • 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas.

Pagamentos do terceiro lote 

Parcelas para receber: 

  • 3ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.  
  • 4ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.  
  •  5ª parcela será paga entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberada entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências. 
  • 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas.
LIBERADO! Auxílio emergencial vai ser pago até dezembro com valor menor (Imagem: Google)
LIBERADO! Auxílio emergencial vai ser pago até dezembro com valor menor (Imagem: Google)

Pagamentos do quarto lote 

Parcelas para receber: 

  • 3ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.  
  • 4ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.  
  • 5ª parcela será paga entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberada entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências. 
  • 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas.

Pagamentos do quinto lote do auxílio emergencial 

Parcelas para receber: 

  •  1ª parcela foi paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social; liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.  
  • 2ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e serpa liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.  
  • 3ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.  
  • 4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberadas entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências. 
  •  6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas 

Pagamentos do sexto lote 

Parcelas para receber:  

  • 1ª parcela foi paga entre 5 e 26 de agosto na poupança social; será liberada entre 8 de agosto e 17 de setembro para saques e transferências.  
  • 2ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.  
  • 3ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.  
  • 4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e serão liberadas entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências. 
  • 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas.

Pagamentos do sétimo lote 

Parcelas para receber:  

  • 1ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.  
  • 2ª e 3ª parcelas serão pagas entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberadas entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.  
  •  4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberadas entre entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências. 
  •  6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.