Programa substituto do Minha Casa Minha Vida vai facilitar compra da casa própria

Para apoiar os municípios na regularização fundiária de suas áreas, o Governo Federal, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, lançou um novo programa de habitação popular na última terça-feira (25), substituindo o Minha Casa Minha Vida. A proposta foi anunciada na semana passada, pelo ministro do Desenvolvimento, Rogério Marinho. 

Programa substituto do Minha Casa Minha Vida vai facilitar compra da casa própria
Programa substituto do Minha Casa Minha Vida vai facilitar compra da casa própria (Foto: Reprodução Google)

Chamado de “Casa Verde e Amarela”, a proposta é prioridade pelo governo. Segundo Marinho, 1 milhão de famílias poderão se ser beneficiadas “graças à redução da taxa de juros prometida pelo Casa Verde e Amarela”.

Nós precisamos atacar uma situação que é muito ruim, metade da população brasileira que mora em habitações no país não tem a escritura pública”, afirmou o ministro.

Atualmente, o Governo Federal opera por meio do Minha Casa Minha Vida em parceria com a Caixa Econômica Federal. Com diferentes modalidades de contratação, o programa atende famílias de diversas faixas de renda.

Os recursos têm como origem os Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por exemplo.

Juntamente do ministro da Economia, Paulo Guedes, Marinho afirma que a disciplina fiscal “que se iniciou há alguns anos e está sendo consolidada no governo Bolsonaro”, permitiu ao Brasil ter juros mais baixos. A ideia do governo é levar essa melhora para os brasileiros de baixa renda que precisam de um imóvel.

O plano do Governo Federal é melhorar as condições de moradia de pessoas de baixa renda. Nesse sentido, busca oferecer pequenas reformas nas casas. Nessa frente, o governo contará com o envolvimento das prefeituras.

O Minha Casa Minha Vida reformulado ainda vai oferecer taxas de juros diferenciadas para o público do Norte e Nordeste.

Programa Casa Verde Amarela e Pró-Brasil

O novo programa que vai substituir o Minha Casa Minha Vida faz parte do chamado plano Pró-Brasil, um pacote de planos e projetos para a retomada da economia. 

Além do Casa Verde Amarela, o plano prevê o aumento de concessões à iniciativa privada, ou seja, quando o governo dá o direito de uma empresa particular tocar uma obra ou serviço. Juntamente a isso, à execução de mais obras públicas. Tudo isso tem por objetivo a criação de mais empregos no país.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA