Com objetivo de conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de ensino superior, o Governo Federal criou o Programa Universidade para Todos (ProUni). No entanto, não são todos os estudantes que podem participar da seleção anual. 

publicidade
Prouni: Quem pode se inscrever no programa?
Prouni: Quem pode se inscrever no programa? (Imagem: Montagem/FDR)
publicidade

As bolsas do Prouni são destinadas aos estudantes que tenham concluído todo o ensino médio na rede pública de ensino, ou na rede particular, na condição de bolsista integral

Para isso, é necessário que os candidatos tenham realizado a última edição da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A pontuação mínima exigida é de 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e não ter zerado a redação. 

No entanto, quanto maior for a nota do estudante no Enem, maior serão as chances de ser contemplado com uma bolsa ofertada pelo ProUni

Existe ainda um critério de renda familiar para participar das seletivas. Nesse caso, a concessão da bolsa de estudo pode ser em duas modalidades: parcial (50%) ou integral (100%).  

  • Para bolsa parcial o candidato deve ter uma renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa;
  • Para bolsa integral o candidato deve ter uma renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Demais públicos-alvo do Prouni 

Podem se candidatar ainda professores da rede pública de ensino para cursos de licenciatura, normal superior e pedagogia. 

Contudo, nesse caso não é necessário se enquadrar no critério de renda do programa, mas estar integrando o quadro permanente da instituição, ter realizado a última edição da prova do Enem e atender ao critério de pontuação mínima exigida pelo MEC.

Ademais, também podem se inscrever pessoas com deficiência. Nesse caso, ao realizar a matrícula na faculdade, o candidato deve levar os documentos de comprovação. Não sendo necessário  ter cursado todo ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista integral. 

Após a seleção no Prouni

Após ter sido selecionado pelo ProUni, o estudante deve comparecer à secretaria da instituição de ensino para qual foi aprovado. É preciso levar os documentos necessários para comprovar as informações mencionadas na ficha de inscrição.

Depois da análise das informações, o estudante assina o Termo de Concessão e é inserido no programa de bolsa.

Lucas Santos é jornalista graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Possui experiência em assessoria de imprensa na Prefeitura Municipal de Cariacica e redação de notícias para o portal FDR. | Instagram @lucas.sanp | LinkedIn @lucassantospto