Distrito Federal decide suspender volta às aulas sem previsão para retorno

A volta às aulas no Distrito Federal foi mais uma vez suspendida. A expectativa era que as aulas presenciais no DF fossem retomadas a partir de 31 de agosto. A decisão foi tomada como objetivo de evitar o aumento do contágio pelo Covid-19 na capital.

Distrito Federal decide suspender volta às aulas sem previsão para retorno
Distrito Federal decide suspender volta às aulas sem previsão para retorno (Imagem: Reprodução/Google)

O governo do Distrito Federal decidiu suspender o volta às aulas presenciais nas escolas públicas. O anuncio foi realizado ontem, quarta-feira (19), e não foi definido o retorno, seguindo a decisão por tempo indeterminado.

As aulas iriam retornar a partir do dia 31 de agosto, porém, devido a grande possibilidade de ter um aumento no número de contágio pelo novo coronavírus na capital, o governo do Distrito Federal resolveu suspender a decisão.

Essa regra não se aplica às escolas particulares, porém, devido a uma decisão da Justiça do Trabalho a retomada das atividades está suspensa.

De acordo com Leandro Cruz, secretário de Educação, a data estabelecida era apenas uma previsão de retorno e que, depois de analisar a atual situação da capital, a equipe de educação compreendeu que não houve desaceleração no nível de contágio da pandemia na região.

Segundo ele, esse não é o melhor momento para voltar e que a principal preocupação é com a preservação da vida e dos profissionais de educação.

Agora, o objetivo da Secretaria de Educação do DF é reforçar o ensino a distância, que começou a ser usado no mês de julho.

Entre as medidas que serão tomadas a mais importante é procurar oferecer maior acessibilidade aos estudantes. Uma das ideias é melhorar as aulas transmitidas pela televisão.

Segundo o secretário, o ensino com as teleaulas estão funcionando e estão dando resultados. Sendo assim, não há necessidade de voltar às aulas presenciais, pois com esse ensino remoto está sendo garantindo a segurança dos estudantes e profissionais da educação e ainda garantido o ensino aprendizagem.

As aulas remotas garantem que os alunos não se tornem um vetor de circulação do vírus para dentro das suas famílias e de suas comunidades. Dessa maneira, o ensino a distância evita o aumento de contagio do coronavírus na região.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA