Calendário de depósitos FGTS: Veja quando vai receber R$1.045 na poupança digital

O governo criou o saque do FGTS emergencial para amenizar os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus. Os trabalhadores vão receber o valor primeiro na poupança digital, e depois poderão fazer o saque do dinheiro.

publicidade
Calendário de depósitos FGTS: Veja quando vai receber R$1.045 na poupança digital
Calendário de depósitos FGTS: Veja quando vai receber R$1.045 na poupança digital (Foto: FDR)
publicidade

Podem fazer os saques os trabalhadores que tenham contas ativas, ou seja, do emprego atual, ou inativas, de empregos anteriores, com saldo positivo no FGTS

O valor máximo a ser retirado pelos trabalhadores é de R$1.045, mesmo que ele tenha mais de uma conta com valor mais alto o limite continua o mesmo. Para quem possuí quantia menor que essa será possível zerar o seu fundo de garantia com esse saque. 

Calendário FGTS 

O calendário de depósito é definido de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Inicialmente, o dinheiro pode ser administrado na conta poupança por meio do aplicativo Caixa Tem. Por lá será possível fazer o pagamento de boletos e usar o cartão de débito virtual. 

Crédito em conta

  • Nascidos em janeiro: 29 de junho
  • Nascidos em fevereiro: 6 de julho
  • Nascidos em março: 13 de julho
  • Nascidos em abril: 20 de julho
  • Nascidos em maio: 27 de maio
  • Nascidos em junho: 3 de agosto
  • Nascidos em julho: 10 de agosto 
  • Nascidos em agosto: 24 de agosto
  • Nascidos em setembro: 31 de agosto
  • Nascidos em outubro: 8 de setembro
  • Nascidos em novembro: 14 de setembro
  • Nascidos em dezembro: 21 de setembro

Disponível para saque e transferência 

  • Nascidos em janeiro: 25 de julho
  • Nascidos em fevereiro: 8 de agosto
  • Nascidos em março: 22 de agosto
  • Nascidos em abril: 5 de setembro
  • Nascidos em maio: 19 de setembro
  • Nascidos em junho: 3 de outubro
  • Nascidos em julho: 17 de outubro
  • Nascidos em agosto: 17 de outubro
  • Nascidos em setembro: 31 de outubro
  • Nascidos em outubro: 31 de outubro
  • Nascidos em novembro: 14 de novembro
  • Nascidos em dezembro: 14 de novembro

Caso o trabalhador não queira retirar o seu dinheiro ele pode ir até o aplicativo do FGTS e terá a opção de negar o saque.

O desejo deve ser manifestado para a Caixa 10 dias antes da data que o crédito vai ser depositado na poupança social, que será aberta para todos os participantes do fundo. 

Caso o trabalhador perca o prazo, esse crédito vai ser depositado, mas ainda assim é possível pedir pelo aplicativo o desfazimento do depósito. 

Ao fazer essa solicitação, os valores retornarão à conta do FGTS devidamente corrigidos. Isso, pois a rentabilidade do FGTS é 3% ao ano. 

Se o desfazer do depósito não for realizado, o dinheiro permanecerá na conta social até o dia 30 de novembro de 2020. 

Depois dessa data, o valor será devolvido à conta do fundo com a devida remuneração no período. 

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.