Cariocas agora passam a contar com serviços de trânsito digitais. Atenção, moradores do Rio de Janeiro, a partir desta segunda-feira (03), fica liberado o acesso para a emissão do CRLV digital 2020. O procedimento deve ser feito por meio do app do Detran e terá validade em todo o território nacional. De acordo com o órgão, será possível acessa-lo em até 5 dispositivos e sua validação é automática

publicidade
CRLV Digital está disponível para todo o estado do RJ gratuitamente; veja como acessar (Imagem: Reprodução - Google)
CRLV Digital está disponível para todo o estado do RJ gratuitamente; veja como acessar (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Segundo informações do Detran, a decisão de liberar a CRLV digital tem como finalidade otimizar a fiscalização dos documentos. Os interessados devem entrar em contato com o órgão para poder substituir o documento pela versão impressa.

No entanto, quem ainda desejar ter acesso ao papel, poderá imprimir em sua própria casa.  

— Além da praticidade, esse novo serviço nos ajudará a evitar aglomerações nas nossas unidades e, consequentemente, o contágio do coronavírus entre a população e nossos funcionários —, frisa o presidente do Detran.RJ, Marcello Braga Maia. 

Como emitir a CRLV digital 

Para poder gerar o documento, é preciso instalar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital de Trânsito. A ferramenta está disponível na versão IOS ou Android e é gratuita. Na sequência, siga os passos abaixo:  

Cadastre o usuário 

  • Abra e selecione: “Entrar com gov.br”;
  • Na tela seguinte, informe CPF e selecione “Próxima”;
  • Na próxima tela, crie uma conta e, após criá-la, retorne ao aplicativo e clique em “Entra” com gov.br;
  • Selecione “Veículos”; 
  • Informe o número do Renavam e o Número de segurança do CRV (é o antigo DUT, com 12 caracteres);
  • Selecione “Incluir” e estará pronto o seu CRLV Digital. 

No caso dos motoristas já cadastrados no antigo app da CNH Digital, basta atualizar os dados para ter acesso ao app da Carteira Digital de Trânsito com a CNH disponibilizada automaticamente.

É importante lembrar que a senha de acesso deve ser de caráter individual e intransferível para evitar roubos de dados.  

Por fim, presta atenção ao fato de que o número de segurança do CRV (Certificado de Registro do Veículo) ficará disponível somente nessa versão do documento. Desse modo, para consulta-lo basta abrir a plataforma e localiza-lo na parte superior direita. 

Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.