Sorteio Minha Casa Minha Vida acontece no próximo dia 30 em Salvador

O novo sorteio do Minha Casa Minha Vida, programa de habitação do governo, vai acontecer no próximo dia 30 de julho, segundo a prefeitura de Salvador. Essa seleção tem como objetivo complementar as vagas do cadastro reserva para os empreendimentos da cidade. 

Sorteio Minha Casa Minha Vida acontece no próximo dia 30 em Salvador
Sorteio Minha Casa Minha Vida acontece no próximo dia 30 em Salvador (Foto: Google)

Os empreendimento que ainda possuem vagas são: Sol Nascente I, II e III, em Barro Duro; Franco Gilbert, em Boca da Mata; e Vivendas do Mar, em São Tomé de Paripe.

O edital foi publicado no Diário Oficial do Município na sexta-feira (17). Segundo informações da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), para participar do sorteio eletrônico, o candidato precisa ter atualizado o seu cadastro nos últimos dois anos. 

Essa atualização ou inscrição terão o prazo de até 29 de julho para ser feitas pelo site do programa. 

No endereço eletrônico, o candidato também pode consultar o edital completo com mais detalhes sobre a documentação que precisa, os critérios de participação, o número de vagas, e as condições do sorteio por conta da pandemia. 

Sobre o sorteio do Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado no ano de 2009, para subsidiar a casa própria para famílias de baixa renda e oferecer condições atrativas de financiamento para as moradias populares.

Atualmente, para ter acesso aos imóveis do programa existem duas formas: a de financiamento e a de sorteio. 

A modalidade de sorteio é realizada para as famílias que têm renda mensal de até R$1.800. 

Esse grupo deve ter realizado uma inscrição na prefeitura ou entidade organizadora. Após isso é preciso aguardar ser chamado. 

Já o financiamento dividido por faixas de renda familiar, que determinam valor e a origem do subsídio para o financiamento. Assim como os pré-requisitos para participar do programa. 

Por meio dessas faixas também são decididos os juros e as condições de financiamento para cada família.

Para a faixa 1 o candidato tem que ter até R$ 1.800 de renda familiar bruta. Isso permite que o governo pague 90% do valor do imóvel e os 10% são pagos pelos beneficiários.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.