Bolsa Família dá início ao pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial HOJE!

 

publicidade

PONTOS CHAVES

  • O governo vai começar a pagar a quarta parcela do auxílio emergencial nesta semana
  • Os pagamentos serão realizados primeiro para os beneficiários do Bolsa Família
  • Inscritos no site terão que usar o Caixa Tem para pagar contas e fazer compras 

Nesta segunda-feira (20), começa a ser paga a quarta parcela do auxílio emergencial de R$600 para os informais e de R$1.200 para as mães chefes de família. Ao todo, a quantia será repassada para cerca de 19,2 milhões de beneficiários do programa Bolsa Família.

Bolsa Família dá início ao pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial HOJE!
Bolsa Família dá início ao pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial HOJE! (Foto: Google)
publicidade

O calendário para a realização de pagamentos vai seguir a ordem do dígito final do NIS, sempre nos dez últimos dias do mês, assim como já é feito normalmente no Bolsa Família.

Os pagamentos serão realizados até o dia 31 de julho. Hoje (20) recebem os beneficiários com NIS de final 1. Veja o calendário:

Data de pagamentoQuem recebe
20 de julhoBeneficiários com NIS de final 1
21 de julhoBeneficiários com NIS de final 2
22 de julhoBeneficiários com NIS de final 3
23 de julhoBeneficiários com NIS de final 4
24 de julhoBeneficiários com NIS de final 5
27 de julhoBeneficiários com NIS de final 6
28 de julhoBeneficiários com NIS de final 7
29 de julhoBeneficiários com NIS de final 8
30 de julhoBeneficiários com NIS de final 9
31 de julhoBeneficiários com NIS de final 0

 

Enquanto isso, a quinta e última parcela do auxílio emergencial deve ser paga entre 18 e 31 de agosto.

Como receber?

Bolsa Família dá início ao pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial HOJE!
Bolsa Família dá início ao pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial HOJE! (Foto: Google)

Os inscritos no Bolsa Família respeitam apenas um calendário, isso significa que eles poderão sacar o valor de R$600 no mesmo dia em que é feito o depósito. Para os demais, a liberação acontece em duas partes.

Iniciando também nessa semana com os depósitos no Caixa TEM, e liberando a partir de sábado (25) os saques em dinheiro ou transferências.

Este grupo vai receber por meio do cartão de débito virtual. Com ele é possível usar os R$600 para realizar a compra pela internet em mais de mil sites e aplicativos, além de poder pagar contas de água e luz.

Por agora, o cartão só está disponível para os beneficiários do Auxílio Emergencial e do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm). 

Para solicitar o cartão é preciso ter o aplicativo da Caixa tem. Após acessar, na tela inicial terá um ícone denominado “Cartão de Débito Virtual” e clicar, após isso, vai abrir uma página como se fosse uma troca de mensagem.

É só clicar na opção “Usar agora meu Cartão de Débito Virtual”. O aplicativo vai solicitar a senha de acesso que você cadastrou para entrar no aplicativo.

Ao informar a senha aparecerá uma imagem com as informações do seu cartão, como número, nome, validade e código de segurança. Basta digitar corretamente conforme orientação da loja.

Como transferir o dinheiro no Caixa TEM?

  1. Entre no aplicativo Caixa Tem e selecione a opção “Transferir dinheiro”, que fica no menu principal;
  2. Ao clicar será aberto um chat automático para fazer a transação;
  3.  Escolha se deseja digitar o número da agência e conta, ler um QR Code com as informações bancárias ou usar dados já salvos;
  4. Escolha o banco desejado entre as opções da lista. Depois, digite o número da agência e envie a mensagem;
  5. Escreva o número da conta e depois informe o dígito, quando for solicitado no chat;
  6. Escolha o tipo de conta de destino e digite o número do CPF do destinatário;
  7. Digite o nome da pessoa e envie na conversa. Depois, digite o valor que será transferido;
  8. Confirme o prazo de envio e confira os dados da transferência. Caso esteja tudo correto, toque em “Sim”;
  9. Depois digite sua senha de acesso ao aplicativo Caixa Tem e avance. Pronto. O dinheiro foi transferido;
  10. Clique em “Comprovante” para receber o documento no chat. Abra o item e toque no ícone de compartilhamento para salvar no celular ou para enviar para um contato.

Mudanças no Bolsa Família

O Renda Brasil vai mudar o conceito do programa, pois para poder ter acesso ao Bolsa Família o beneficiário não pode ter vínculo empregatício. O novo programa permitirá que o beneficiário tenha outra fonte de renda, mantendo o recebimento do benefício.

O valor pago deve girar em torno de R$ 300 e deve abranger cerca de 57,3 milhões de pessoas. Hoje, o salário do Bolsa Família é de, em média, R$ 190. 

O Bolsa atende a 41 milhões de pessoas, a um custo de pouco mais de R$ 30 bilhões aos cofres públicos.

Entre outros, o Renda Brasil terá um auxílio creche para as famílias, o valor pago seria composto por dois tipos de benefícios principais.

O primeiro de R$ 100 de superação da pobreza, e outro também de R$ 100 pago por criança de 0 a 15 anos.

Poderiam receber o valor completo do benefício as famílias com renda de até R$ 250 por pessoa. Essa faixa, seria flexível, para até famílias com renda de até R$ 450.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.