Dataprev finaliza análise de 1,5 milhões de pedidos do auxílio emergencial

Aceitação do auxílio emergencial ainda gera filas de espera. Nessa semana, a Dataprev informou que validou mais de 1,5 milhões de cadastros para o recebimento do coronavoucher. De acordo com a empresa pública, os dados dos beneficiários foram repassados para o Ministério da Cidadania no último dia 9 e devem ser homologados em breve. Desse modo, caberá a Caixa Econômica Federal informar as novas datas de pagamento para esse último lote. 

Dataprev finaliza análise de 1,5 milhões de pedidos do auxílio emergencial (Imagem: Reprodução - Google)
Dataprev finaliza análise de 1,5 milhões de pedidos do auxílio emergencial (Imagem: Reprodução – Google)

Até o momento, os dias dos depósitos do auxílio emergencial para os recém aprovados ainda não foi divulgado. Acredita-se que a liberação deverá ocorrer entre o fim de julho e começo de agosto de forma acumulativa tendo em vista o direito as quatro parcelas.  

Dataprev pontuou ainda que o processamento dos requerimentos feitos entre 17 de junho e 2 de julho já foram validados e enviados para a aceitação do governo federal no último dia 7. Até 2 de julho, já tinham sido aprovados mais de 65,4 milhões de cidadãos. 

Dataprev questiona atraso do governo 

Pressionada para acelerar a aprovação dos cadastros, a Dataprev explicou que sua atuação acontece apenas na primeira parcela do benefício. Nesse caso, mesmo que conclua a análise de todos os inscritos, o pagamento só pode ser liberado mediante a validação do governo federal.  

No que diz respeito a gestão e manutenção nas bases de dados, a responsabilidade do andamento não é da Dataprev, mas sim da Caixa em parceria com demais órgãos do poder público.  

“A Dataprev é parceira tecnológica do Ministério da Cidadania, que é o órgão responsável pela definição das regras de processamento e contestação, bases oficiais a serem utilizadas e valida todos os resultados dos cruzamentos executados”, ressalta. 

Números do auxílio emergencial 

De acordo com dados liberados pela Caixa Econômica, até o momento cerca de 65,2 milhões de pessoas já foram beneficiadas pelo auxílio emergencial. A contabilidade inclui valores referentes as três primeiras parcelas que totalizam uma média de R$ 121,1 bilhões em depósitos.  

A instituição informou ainda que, dos 109,1 milhões de cadastrados registrados, 107,8 milhões já foram aceitos. 860 seguem esperando o período de reanálise e 1,3 milhão permanecem na primeira etapa da aprovação.  

Para poder consultar a situação do benefício, o cidadão deve acessar o aplicativo auxílio emergencial ou o site auxilio.caixa.gov.br. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.