Covid-19: Campo Grande anuncia novas regras de isolamento social e fechamento do comércio

Durante a pandemia do novo coronavírus diversas medidas foram tomadas para não ocasionar a propagação do Covid-19. Entre este sentido, depois de regras mais rígidas as ações foram incentivadas. Mas, já inicia flexibilização em cidades, exemplo de Campo Grande.

Covid-19: Campo Grande anuncia novas regras de isolamento social e abertura do comércio (Reprodução/Pixabay)
Covid-19: Campo Grande anuncia novas regras de isolamento social e fechamento do comércio (Reprodução/Pixabay)

A prefeitura da capital do Mato Grosso do Sul destacou na última quarta-feira (15) novas regras para o processo de reabertura gradual do comércio. Entre medidas, foi imposta a redução no horário de funcionamento do comércio durante dias úteis.

Além desta, ainda há uma medida mais rígida para outros pontos, como a suspensão de todas as atividades não essenciais aos fins de semana. É importante considerar que apesar da abertura de alguns comércios, outros precisam de uma questão mais rígida.

A partir de então, de segunda a sexta, as lojas de comércio que têm autorização para funcionar até às 18h. Com a mudança, elas devem fechar uma hora mais cedo a partir da próxima segunda-feira (20).

Sendo assim, com encerramento das atividades às 17h. Já outros serviços, como cabeleireiros que foram reabertos, o atendimento deve ser limitado a 30%. Outras medidas também devem ser implementadas.

Isto porque é no próximo dia 18 de julho novas medidas mais sérias serão aplicadas, mas de forma pontual apenas no final de semana. Nestes dias, só poderão abrir aqueles estabelecimentos essenciais, da mesma forma como foi nas duas primeiras semanas de combate à pandemia na Capital.

É importante lembrar que já tinha sido liberado o funcionamento de lojas de conveniência, distribuidores de gás, lojas de venda de alimentação para animais, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de venda de água mineral e postos de combustível.

Além das medidas pontuadas, ainda continua vigente o toque de recolher entre 20h e 5h, além das restrições nos ônibus. Os estudantes e idosos continuam sem autorização para uso de ônibus gratuito.

Com estas medidas, foi diminuído cerca de 65 mil pessoas durante a semana, 30 mil pessoas aos sábados e, no máximo 2,3 mil usuários aos domingos. Já os novos decretos vão valer de 18 a 31 de julho.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA