Shoppins do Rio de Janeiro ampliam horário de funcionamento a partir de hoje (10)

Flexibilização da quarentena atinge mais um passo nesta sexta-feira (10). A partir de hoje, os centros de compras do Rio de Janeiro terão seu horário de funcionamento estendido. De acordo com a prefeitura municipal, os shoppings poderão funcionar das 12h até às 22h. Além disso, o decreto irá aumentar o tempo de atuação de outros serviços, como as casas lotéricas.  

Shoppins do Rio de Janeiro ampliam horário de funcionamento a partir de hoje (10)
Shoppins do Rio de Janeiro ampliam horário de funcionamento a partir de hoje (10) (Imagem: Reprodução/Culture Trip)

Intitulada de fase 3B, a flexibilização da quarentena no Rio de Janeiro segue sendo realizada. Segundo o governador Wilson Witzel, as medidas vêm sendo aplicadas de acordo com os índices de infectados.

A partir deste final de semana, vias públicas voltarão a ser abertas para lazer, as feiras de artesanato poderão funcionar e as vilas olímpicas serão ocupadas novamente.  

Já na fase 3A, o decreto manteve as seguintes medidas: 

  • Lanchonete bares e restaurantes com funcionamento até 23h. 
  • Comércio de rua poderá funcionar de 11h às 17h, com 1/3 da capacidade 
  • Salões de beleza e estética e estúdios de tatuagem mantém as mesmas normas 
  • Academias podem funcionar, com restrições, e as aulas de natação estão permitidas 
  • Refeitório das escolas municipais podem funcionar, mas aulas permanecem suspensas 
  • Ambulantes podem trabalhar apenas se tiverem ponto fixo e seguem proibidos nas praias 
  • Praias permitidas apenas para as práticas e atividades esportivas individuais 
  • Pontos turísticos seguem fechados 
  • Jogos de futebol seguem sem torcida 

Rio de Janeiro permite atividades ao ar livre 

Outra liberação da prefeitura também foi a ocupação em praias, parques e demais espaços públicos ao ar livre. Para poder circular nesses ambientes, será preciso utilizar as máscaras de proteção obrigatoriamente.  

Mas, vale dizer que o uso das praias para banho não estão autorizados. O prefeito da capital carioca, Marcelo Crivella, condicionou o retorno dos banhistas a criação de uma vacina do Covid-19.

O mesmo se aplica para esportes feitos em clubes, associações, hipódromos e quadras de aluguel, ainda impossibilitados de realizarem esportes de contato.

Escolinhas de treinamento e eventos em espaços fechados seguem sem autorização e previsão de retomada, junto com a proibição de sauna e a hidromassagem. 

“Nós esperamos que a vacina chegue bem antes disso (do verão). Esses locais em que não dá para ficar de máscara tendem a ficar para depois da vacina”, afirmou o prefeito Marcelo Crivella, ao anunciar as novas medidas em coletiva de imprensa.
 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.