INSS: Pagamento ao militar equivale a 17 vezes o salário do aposentado civil

Em meio a uma crise que impacta diversos setores, os gastos com o INSS foi um dos alvos de posicionamentos durante anos, inclusive com a aprovação da reforma da Previdência no ano passado.

INSS: Pagamento ao militar equivale a 17 vezes o salário do aposentado civil (Reprodução/Internet)
INSS: Pagamento ao militar equivale a 17 vezes o salário do aposentado civil (Reprodução/Internet)

Porém, mesmo com o rombo nas contas do Instituto Nacional do Seguro Social ser grande, o pagamento de benefícios como aposentadorias aos militares ultrapassa o equivalente a 17 vezes o gasto com um trabalhador comum da iniciativa privada.

Os dados foram compartilhados nesta semana pelo Tesouro Nacional que enfatiza essa divergência e grande abismo entre os dois repasses. O mesmo é observado também quando comparamos as aposentadoria dos servidores civis.

Sendo assim, governo gasta dez vezes mais com cada servidor civil aposentado, na comparação com os gastos por beneficiário do INSS. É importante observar que o déficit por beneficiário do sistema de proteção dos militares ficou em R$ 121,2 mil em 2019.

Já o do regime dos servidores foi de R$ 71,6 mil. Ainda se observar o déficit por pessoa aposentada pelo INSS é registrado um total de R$ 6,9 mil. O Regime Geral da Previdência Social atingiu no ano passado um rombo R$ 213,3 bilhões para os contribuintes privados.

Enquanto os servidores civis foi de R$ 53,1 bilhões e dos militares R$ 47 bilhões. Os números fazem parte do Relatório Contábil do Tesouro Nacional de 2019. Relatório destaca que o déficit por beneficiário do INSS se manteve estável até 2013.

Quando chega em 2014 a 2019, o desequilíbrio teve uma acentuada, chegando a R$ 6,9 mil por beneficiário no ano passado. Já os civis, o crescimento foi de 27,6 mil em 2010 para 71,6 mil reais em 2019.

No caso dos militares, o déficit por beneficiário subiu de R$ 81,6 mil para R$ 121,2 mil. Enquanto isto, de INSS, entre 2010 e 2019, o déficit previdenciário passou de R$ 42,4 bilhões para R$ 213,3 bilhões.

Previsão para obtenção do valor necessário para pagar todos os benefícios sem nenhum rombo na receita do INSS é definido para 2060 é de 7,65% do PIB. Já relatório do ano passado, antes da reforma, a estimativa era de 11,64%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.