publicidade

Os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019 e não zeraram a redação já podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O programa oferece mais de 51 mil vagas em instituições públicas de ensino superior, inclusive na modalidade a distância (EaD). O prazo para inscrições vai até sexta-feira (10).

Começou! Inscrições do SISU 2020.2 se iniciam hoje (7); veja como estudar gratuitamente
Começou! Inscrições do SISU 2020.2 se iniciam hoje (7); veja como estudar gratuitamente. (Imagem: FDR)
publicidade

A classificação no Sisu 2020.2 considera o desempenho obtido nas provas do Enem. Os candidatos aprovados começam a estudar no segundo semestre deste ano. Todas as vagas são para instituições públicas de ensino, ou seja, gratuitas.

Algumas delas exigem nota mínima para ingresso em cursos específicos; estas informações podem ser consultadas no site, juntamente com a quantidade de vagas por curso, modalidade, instituição de ensino e localidade.

Como se inscrever no SISU?

  1. Acesse o site (www.sisu.mec.gov.br);
  2. Entre com o Login Único do governo. Se não tiver o login, cadastre-se gratuitamente. Verifique se as informações estão corretas e confirme;
  3. Selecione duas opções de curso por ordem de preferência – a pesquisa pode ser feita por município, instituição ou nome do curso. Lembre-se de verificar as notas de corte;
  4. Selecione a modalidade de concorrência – ampla concorrência ou vagas destinadas a políticas de ações afirmativas;
  5. Confira se escolheu os cursos corretos e clique em “Confirmar minha inscrição”. A classificação parcial e as notas de corte são divulgadas diariamente no site do Sisu. É possível alterar as opções durante o período de inscrições, que se encerra às 23h59 do dia 10 de julho.

Cronograma do SISU 2020.2

  • 7 a 10 de julho: período de inscrições
  • 14 de julho: resultado da chamada regular
  • 14 a 21 de julho: prazo para declarar interesse na lista de espera
  • 16 a 21 de julho: matrícula da chamada regular
  • 24 de julho: chamada da lista de espera

O candidato que não for selecionado na lista regular em nenhum dos cursos para os quais se inscreveu pode manifestar interesse pela lista de espera.

Para isso, é preciso acessar o sistema no prazo especificado, entrar no boletim e clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera.

Depois, basta conferir se o sistema emitiu uma mensagem de confirmação e acompanhar as próximas chamadas pelo site.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do portal FDR, na editoria de educação e carreiras.