Quantas vezes posso contestar negação do pedido do auxílio emergencial?

Aqueles trabalhadores que tiveram o seu auxílio emergencial negado pelo governo, podem recorrer a essa decisão. Mas isso pode ser feito apenas uma vez. 

Quantas vezes posso contestar negação do pedido do auxílio emergencial?
Quantas vezes posso contestar negação do pedido do auxílio emergencial? (Foto:FDR)

Caso o governo mantiver a negativa, essa pessoa fica impossibilitada de fazer uma nova solicitação e perdem qualquer chance de conseguir as parcelas de R$600. O prazo para pedir o auxílio acabou ontem, quinta-feira (2)

De acordo com o Ministério da Cidadania, “caso a pessoa faça a contestação, ela não poderá fazer nova solicitação posteriormente. Importante informar que a contestação só pode ser feita uma vez”, informou.

As informações que estão no site do ministério, dizem que o trabalhador precisa corrigir os dados ou alterar por conta de ter fornecido informações erradas no cadastro. Caso isso ocorra, é preciso fazer uma nova solicitação.

Se o solicitante discordar da análise e entender a situação que o governo está descrevendo como errada ou se alterou alguma informação, o caminho que deve ser feito é uma contestação. 

Porém, se o trabalhador contestar antes de realizar uma outra solicitação, não poderá pedir o benefício depois. 

As novas solicitações serão analisadas com os outros requerimentos e as contestações são analisadas a partir da atualizações que acontecem nas bases analíticas da Dataprev. O ministério disse que também só é possível fazer uma única nova solicitação. 

O que é o auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi criado para ajudar os trabalhadores informais nesse momento de pandemia. 

Inicialmente, o governo iria fazer o pagamento de três parcelas de R$600, mas foi aprovado que pagamento seja realizado por mais dois meses. Porém o valor deve ser parcelado, desde que no final o resultado seja de R$1,2 mil. 

Após a pandemia o auxílio emergencial deve ser integrado ao Bolsa Família e deve virar o Renda Brasil e vai beneficiar essas pessoas que receberam o auxílio neste período em que o país está passando pela crise econômica.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.