publicidade

Começa hoje, 30, o pagamento do segundo lote de restituição do IRPF 2020 (Ano-Base 2019) e o montante a ser pago chega a R$5,7 bilhões e vai atingir 3,3 milhões de pessoas. Este montante segundo a Receita Federal, é o maior já pago em lote de restituição em todos os tempos.

Restituição do IRPF 2020 libera novo lote de pagamentos; veja quem vai receber
Restituição do IRPF 2020 libera novo lote de pagamentos; veja quem vai receber (Montagem: Google)
publicidade

O contribuinte pode consultar através do site da Receita ou pelo telefone 146, se está incluso neste lote.

A consulta pode ser feita também pelo aplicativo Meu Imposto de Renda disponível para celulares e tablets com sistema iOS e Android. No aplicativo também é possível consultar a situação cadastral de seu CPF.

Calendário completo com datas de restituição do IRPF 2020

  • 1º lote: 29 de maio de 2020
  • 2º lote: 30 de junho de 2020
  • 3º lote: 31 de julho de 2020
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020

Para este ano o número de lotes foi reduzido de sete para cinco.

Prioridades são respeitadas

Como acontece em todos os anos, os primeiros lotes são destinados a priorizar os contribuintes com prioridade legal no recebimento da restituição.

Do total pago neste lote, R$ 3,97 bilhões vão para esses contribuintes com prioridades, sendo sendo 54.047 contribuintes idosos acima de 80 anos, 1.186.406 contribuintes entre 60 e 79 anos, 89.068 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 937.234 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Além dos contribuintes com prioridade legal, foram contemplados também cerca de 1 milhão de contribuintes que realizaram a entrega da declaração do Imposto de Renda até o dia 4 de março, segundo o Fisco.

Neste ano, devido a pandemia do coronavírus, o prazo de entrega da declaração do IR foi estendido e termina hoje. Por conta disto, pela primeira vez, os primeiros lotes de restituição foram pagos antes do fim do prazo de entrega do IR.

Entregas da declaração do Imposto de Renda

Segundo a Receita Federal, até a última sexta-feira (19), foram recebidas 20,98 milhões declarações do Imposto de Renda 2020, de um total de 32 milhões previstas.

Isto significa que uma média de 30% dos contribuintes ainda não haviam concluído e enviado a declaração até o fechamento deste balanço.

COMENTÁRIOS

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.