publicidade

Clientes do Nubank devem ficar atentos, pois há um novo serviço em estudos. De acordo com uma publicação do Tecnoblog, a fintech estaria realizando uma pesquisa para avaliar se seus correntistas têm interesse em contratar um seguro de carro através da rede. De acordo com o questionário, desenvolvido pelo Nu, o novo serviço apresentaria uma taxa variável, aplicada mensalmente a depender da quilometragem do automóvel. Confira.  

Nubank avalia vender seguro de veículos em breve; conheça a novidade! (Imagem: Reprodução - Google)
Nubank avalia vender seguro de veículos em breve; conheça a novidade! (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Na pesquisa aplicada pelo Nubank, os clientes precisam responder uma série de perguntas que têm como finalidade entender quais as críticas e elogios aos serviços de seguro ofertados atualmente.

Entre os questionamentos, os usuários precisam responder se possuem algum tipo de automóvel, qual a modalidade (carro ou moto), valor de mercado, ano de fabricação e demais características 

Na sequência, o questionário entra em assuntos mais voltados para a aplicação do seguro, como se o cadastrado tem ou não esse serviço, qual o valor do mesmo, o que não gosta nas seguradoras que conhece, regras para inclusão, porque não cabe na renda mensal, qual o custo benefício ideal, entre outras.  

Por fim, o Nubank pede para que seja respondida a seguinte pergunta: você trocaria por outro? Dando as duas opções: 

  • um seguro de R$ 130 ao mês (cerca de R$ 1.600 ao ano) com cobertura completa para roubo, furto, batidas, danos a terceiros, guincho 24 horas, chaveiro etc.; 
  • um seguro com taxa fixa de R$ 85 e taxa variável de R$ 0,05 por quilômetro rodado no mês: por exemplo, se você dirigir 300 km, vai pagar R$ 100. 

Ideia em desenvolvimento no Nubank

Ao ser questionado sobre o objetivo dessa pesquisa, a marca informou que não há nada concreto no que diz respeito a criação de um seguro Nubank, trata-se apenas de uma ideia em desenvolvimento.  

“Estudamos constantemente a possibilidade de adicionar eventuais produtos e serviços ao nosso portfólio; isso, no entanto, não significa que as ideias pesquisadas serão efetivamente disponibilizadas aos nossos consumidores, nem que haja qualquer previsão de novos lançamentos no momento”, informou por nota. 

É válido ressaltar que, antes de lançar seu cartão de débito com permissão para saque, o Nubank também realizou uma pesquisa digital com seus usuários. Por isso, não descarta-se a possibilidade de um novo anúncio em breve.  

COMENTÁRIOS

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.