publicidade

PONTOS CHAVES

  • Clientes do Nubank podem emitir boleto de depósito e ter acesso ao FGTS em dinheiro mais rapidamente
  • Saiba as datas de pagamento do FGTS emergencial
  • Valor máximo que pode ser sacado é de R$1.045

O calendário de pagamento do FGTS emergencial começou ontem, 29, e vai até o dia 21 de setembro. Primeiramente os valores serão creditados nas contas poupança digitais da Caixa, e os saques em espécie e transferências só serão liberados posteriormente. Porém através de sua conta Nubank, é possível antecipar a retirada do seu FGTS! Saiba mais detalhes.

FGTS emergencial: Antecipe o pagamento dos R$1.045 utilizando a conta do Nubank
FGTS emergencial: Antecipe o pagamento dos R$1.045 utilizando a conta do Nubank (Foto Reprodução Google)
publicidade

É isto mesmo! Se você possui uma conta no Nubank é possível ter acesso ao valor do seu FGTS em dinheiro. Para isto será preciso gerar um boleto de depósito para sua conta Nubank e utilizar o aplicativo Caixa Tem para pagá-lo. Em um ou dois dias, você terá o valor disponível em sua conta Nubank e poderá sacar o valor.

Isto é possível, pois através do aplicativo Caixa Tem, o usuário está autorizado a realizar o pagamento de contas e boletos e ainda realizar compras.

Como gerar um boleto no app do Nubank?

Criar um boleto de depósito no Nubank é muito simples. Siga os passos abaixo:

  1. Ao abrir o aplicativo, basta abrir a tela da conta do Nubank ou tocar no botão “Depositar”, disponível nos atalhos, na parte inferior do aplicativo;
  2. Escolha a opção “Depositar por boleto”;
  3. O aplicativo irá perguntar qual o valor do boleto que você deseja gerar, que deve ser entre R$20 e R$15mil. Informe o valor que você deseja depositar na conta através do boleto e toque em “Confirmar”.

Prontinho, o boleto foi criado e sua data de vencimento será sempre para o próximo dia útil após a data da criação.

Saque FGTS emergencial

O máximo que o trabalhador poderá sacar é de R$1.045. No caso de trabalhadores que possuem mais de uma conta, o dinheiro será retirado primeiro das contas ligadas a contratos de empregos antigos, começando por aquelas que tiverem o menor saldo.

Em seguida, o dinheiro poderá ser retirado de contas ativas, novamente por aquela que tiver menor saldo. De qualquer forma, os valores não podem ser superiores a R$1.045.

Calendários

O calendário do saque emergencial do FGTS foi organizado com base no mês de aniversário do trabalhador, como forma de evitar aglomerações nas agências bancárias.

Para estes pagamentos, a Caixa vai repetir o procedimento usado na segunda parcela do auxilio emergencial, depositando os recursos do FGTS primeiro em uma poupança social digital e só após cerca de um mês, será liberado o saque em espécie, e a transferência bancária dos recursos.

Calendário de depósito em conta poupança digital

Mês de aniversário

Dia do depósito

Janeiro 29/jun
Fevereiro 6/jul
Março 13/jul
Abril 20/jul
Maio 27/jul
Junho 3/ago
Julho 10/ago
Agosto 24/ago
Setembro 31/ago
Outubro 8/set
Novembro 14/set
Dezembro 21/set

 

Datas de liberação de saques e transferências

O saques em espécie ou transferências para outras contas seguem este calendário que começa em 25 de julho:

Fonte: Caixa Econômica Federal
Imagem FDR

Funções do Caixa Tem

Através do Caixa Tem, e quando for liberado, o trabalhador pode escolher transferir o valor do FGTS para alguma outra conta bancária, de sua titularidade ou de outra pessoa.

A Caixa diz que as pessoas poderão neste momento, realizar pagamento de contas, fazer compras e até três transferências gratuitas por mês. Os saques serão liberados aos poucos, de acordo com calendário de saques e transferências.

Pelo app também é possível acessar informações sobre benefícios e programas sociais, além de obter informações referentes a vida do trabalhador como FGTS, Abono Salarial do PIS e Seguro-Desemprego.

Como consultar os valores do FGTS emergencial pela internet?

Para consultar o valor e a data do saque emergencial, o trabalhador pode entrar no site do FGTS ou ligar para a central de atendimento da Caixa, através do número 111, tendo em mãos o número do CPF ou do NIS (Número de Identificação Social) e a data de nascimento.

Caso o trabalhador não queira realizar o saque emergencial do FGTS ele vai poder comunicar a Caixa de sua decisão. O trabalhador deve informar que não deseja sacar o FGTS em até 10 dias antes da data determinada para o pagamento. Com isso, o dinheiro permanece rendendo nas contas do FGTS.

COMENTÁRIOS

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.

VEJA TAMBÉM