Perícia médica do INSS vai retornar atendimento no próximo dia 13; saiba as regras

Perícia médica do INSS tem data para voltar. Nessa semana, o governo federal informou que, após um período paralisado por causa do novo coronavírus, os exames de saúde vão voltar a ser realizados. De acordo com o ofício, as atividades serão retomadas a partir do dia 13 de julho, para garantir o pagamento do auxílio doença. Os beneficiários deverão comparecer as unidades do instituto mediante agendamento prévio, saiba mais no post abaixo.  

publicidade
Perícia médica do INSS vai retornar atendimento no próximo dia 13; saiba as regras (Imagens: Reprodução - Google)
Perícia médica do INSS vai retornar atendimento no próximo dia 13; saiba as regras (Imagens: Reprodução – Google)
publicidade

Com a chegada da pandemia em todo o território nacional, o Instituto Nacional do Seguro Social precisou fechar suas unidades. Desde o mês de abril, a resolução e atendimento dos benefícios estão sendo feitos através do portal e aplicativo Meu INSS.  

Reabertura das unidades libera perícia médica do INSS

Ao longo deste tempo, algumas atividades como as perícias médicas do INSS e prova de vida foram suspendidas. Os pensionistas que precisaram recorrer ao auxílio doença estavam enviando seus atestados, assinados por profissionais de saúde da rede privada ou pública sem vínculo ao INSS, no site para que a equipe do instituto avaliasse.  

No entanto, com a reabertura dos pontos físicos, o serviço voltará a ser feito presencialmente. Para isso, será necessário realizar uma série de medidas de segurança sanitária, como a utilização obrigatória de máscaras, higienização com álcool em gel e respeito no distanciamento entre os cidadãos.  

De acordo com um comunicado do ministério da saúde, serão ofertados para os servidores equipamentos de proteção individual. Além disso, haverá fiscalização para que o acesso de pessoas no interior das agências seja controlado, sendo aceitos apenas funcionários e beneficiários que tenham feito agendamento prévio.  

De acordo com o governo, 753 agências estão prontas para a reabertura, o que representa 70% da capacidade de atendimento do instituto (são 1.525 no total). 

Antecipação dos pagamentos 

Com a aplicação da quarentena, uma das medidas adotadas pelo instituto foi a antecipação do pagamento de R$ 1.045 para quem recebe o auxílio doença. Nesse caso, os cidadãos ficaram isentos da obrigatoriedade da perícia médica.  

A medida foi aclamada por muitos, mas também virou motivo de críticas para aqueles que teriam direito a valores maiores. Segundo o INSS, com a retomada das atividades presenciais, a diferença de valores seria paga tardiamente. 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.