publicidade

 

PONTOS CHAVES

  • As agências do INSS iriam retomar as atividades em 19 de junho, mas foi adiado para dia 13 de julho
  • O atendimento presencial deixou de ser realizado desde o mês de março
  • Por enquanto os serviços podem ser realizados pelo Meu INSS ou pelo telefone 135

O Instituto Nacional do Seguro Social prorrogou mais uma vez o período de fechamento das agências do INSS, agora as unidades não funcionarão até o dia 10 de julho. O retorno desse atendimento será gradual e terá início a partir do dia 13 de julho. 

INSS: Reabertura das agências já tem data marcada! Veja como vai funcionar
INSS: Reabertura das agências já tem data marcada! Veja como vai funcionar (Foto: FDR)
publicidade

O atendimento presencial foi suspenso no final de março, para evitar aglomeração nas agências, e assim disseminar o coronavírus.

O governo deve detalhar as diretrizes e protocolos que devem ser seguidos para que o segurado seja atendido com segurança e conforto nas unidades. Essas medidas tem como objetivo proteger as pessoas durante o período de enfrentamento do coronavírus. 

Nesta primeira fase, de reabertura gradual, serão priorizados os seguintes serviços:

  • Perícia médica;
  • Avaliação social;
  • Cumprimento de exigência;
  • Justificação administrativa;
  • Reabilitação profissional.

Com o retorno destes serviços a ideia é acelerar os processos, uma vez que precisam essencialmente do atendimento presencial.

Atualmente, para qualquer um desses serviços pode ser realizado o agendamento pelo Meu INSS (gov.br/meuinss, site e aplicativo), ou pelo telefone 135. 

As pessoas sem agendamento não serão atendidas nas agências para evitar aglomerações, conforme determinações do Ministério da Saúde. Já que a maioria dos pensionistas pelo órgão são idosos que estão no grupo de risco do coronavírus.

Os serviços que não estiverem disponíveis de forma presencial neste primeiro momento continuam pelos canais na internet. 

O regime de plantão para tirar dúvidas continuam enquanto o atendimento presencial não for totalmente retomado. Sendo assim, o segurado pode resolver boa parte de suas necessidade pelo aplicativo.

No país, existem 1.525 agências da Previdência Social. Deste total, 753 agências estão aptas a voltar a funcionar, o que representa 70% da capacidade de atendimento do INSS, segundo informou o governo.

Meu INSS 

INSS: Reabertura das agências já tem data marcada; veja como vai funcionar!
INSS: Reabertura das agências já tem data marcada; veja como vai funcionar! (Foto: Google)

Caso o segurado tenha alguma dúvida de como acessar o Meu INSS (site e aplicativo), gerar sua senha e aprender a solicitar serviços e benefícios, basta acessar https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/meu-inss/

O aplicativo foi criado para proporcionar mais facilidade para o cidadão nos benefícios previdenciários ou assistenciais. Pode ser acessado pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e iOS). Por lá, estão disponíveis mais de 90 serviços oferecidos pelo órgão.

Na tela principal do aplicativo, irá aparecer os serviços mais utilizados pelos trabalhadores e em destaque os ícones dos serviços que mais são procurados pelos usuários.

Sendo assim, o Meu INSS irá apresentar o tempo que falta para o contribuinte se aposentar por idade, e outro por tempo de contribuição.

O contribuinte pode acessar as informações completas sobre a sua vida como trabalhador, para isso basta acessar a opção Extrato Previdenciário (CNIS). 

Desde o mês de maio, a forma de se cadastrar e obter a senha para acessar o Meu INSS também mudou.

Caso o usuário ainda não seja cadastrado no Meu INSS, é preciso acessar o site acesso.gov.br e se inscrever. 

Essa mudança faz parte da ação do Governo para unificar os logins, portais e sites institucionais a fim de facilitar a vida do cidadão que busca os serviços públicos na internet.

A senha inicial do Meu INSS também pode ser obtida pelos sites dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob, Sicredi. E diretamente nas agências de atendimento do INSS.

Caso o contribuinte ainda tenha dúvidas o beneficiário pode ligar no telefone 135 e tirar todas elas.

COMENTÁRIOS

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.

VEJA TAMBÉM