Bolsa Família: terceira e ÚLTIMA parcela de R$600 faz mais pagamento esta semana

 

PONTOS CHAVES

  • Nesta semana o governo faz o pagamento da última parcela do auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família
  • Esses beneficiários podem fazer o saque do dinheiro já na data de depósito
  • Há a possibilidade de uma nova parcela, mas o valor deve ser reduzido pele metade.

Nesta semana o governo vai fazer o pagamento do auxílio emergencial para mais de 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família. Os pagamentos estão sendo realizado da mesma forma que o benefício, nos dez últimos dias úteis de cada mês, de forma escalonada, de acordo com o NIS (Número de Identificação Social). 

Bolsa Família: terceira e ÚLTIMA parcela de R$600 faz mais pagamento esta semana
Bolsa Família: terceira e ÚLTIMA parcela de R$600 faz mais pagamento esta semana(Imagem: FDR)
publicidade

O auxílio surgiu no momento em que o país está enfrentando a sua maior crise econômica causada pelo coronavírus. O governo paga, inicialmente, três parcelas de R$ 600 para alguns trabalhadores, e de R$1.200 para mães solteiras, chefes de família.

Calendário da terceira parcela para o Bolsa Família.

  • Quarta-feira (17) – NIS final 1
  • Quinta-feira (18) – NIS final 2
  • Sexta-feira (19) – NIS final 3
  • Segunda-feira (22) – NIS final 4
  • Terça-feira (23) – NIS final 5
  • Quarta-feira (24) – NIS final 6
  • Quinta-feira (25) – NIS final 7
  • Sexta-feira (26) – NIS final 8
  • Segunda-feira (29) – NIS final 9
  • Terça-feira (30) – NIS final 0

Como receber?

Bolsa Família: terceira e ÚLTIMA parcela de R$600 faz mais pagamento esta semana
Bolsa Família: terceira e ÚLTIMA parcela de R$600 faz mais pagamento esta semana (Imagem: Montagem FDR.com.br)

Para quem não é beneficiado do Bolsa Família, a Caixa vai fazer o pagamento pela conta poupança digital. Essa poupança é uma modalidade simplificada, que é aberta para quem recebe benefícios do governo, porém a conta tem um limite de saldo e movimentação.

De acordo com a Medida provisória que autorizou que o pagamento fosse feito por essa conta, o limite mensal de movimentação para essa modalidade de poupança foi ampliado de R$ 3 mil para R$ 5 mil.

A conta é aberta automaticamente pelo banco para todos que tem direito ao saque. A movimentação do dinheiro poderá ser feita pelo aplicativo “Caixa TEM”.

De acordo com o governo, o objetivo dessa conta  é agilizar os pagamentos e evitar aglomerações em meio a pandemia que estamos vivendo com o coronavírus.

Assim como na segunda parcela, o pagamento para esses grupos deverá ser realizado por meio do aplicativo da Caixa Tem. O saque do dinheiro pode ser realizado no mesmo dia do depósito na agência da Caixa.

O que é mais vantajoso? Auxílio emergencial ou Bolsa Família?

O benefício não pode ser acumulado pelo beneficiários, por isso, se o benefício do Bolsa Família for mais vantajoso para a família eles não migram para o auxílio. Isso ocorre, pois os benefícios não serão acumulados.

Mesmo que o beneficiário tenha o perfil de renda para essa nova ajuda financeira, mas seja trabalhador formal (com carteira assinada), ele também não vai atender aos requisitos para o novo pagamento do governo federal.

Porque uns inscritos no Bolsa Família recebem, e outros não?

Cerca de 700 mil famílias que são beneficiários do Bolsa Família não recebem o auxílio do governo. 

Uma das causas pode ser a renda individual da família não alcançar os R$ 89 previstos para sair da extrema pobreza.

O valor total recebido depende dos benefícios a que a família tem direito dentro do programa.

O básico paga R$ 89, já os variáveis de R$ 41 são pagos a até cinco pessoas por família. O valor vinculado a cada adolescente, é de R$ 48, permitindo até dois pagamentos por família.

Nova parcela

O governo está estudando a ideia de prorrogar por mais dois meses o pagamento do auxílio emergencial para os brasileiros. 

Apesar disso, as novas parcelas poderão ter o valor máximo de R$300 caso sejam aprovadas. 

Sendo assim, muito menos beneficiários do programa poderão deixar de ter direito ao auxílio emergencial. Já que alguns têm um salário no Bolsa Família mais alto que esse valor.

Cartão de Débito Virtual

A Caixa informou que é  possível utilizar o auxílio por meio do cartão de débito virtual. Com ele é possível usar os R$600 para realizar a compra pela internet em mais de mil sites e aplicativos, além de poder pagar contas de água e luz.

Por agora, o cartão só está disponível para os beneficiários do Auxílio Emergencial e do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm). 

Para solicitar o cartão é preciso ter o aplicativo da Caixa tem. Após acessar, na tela inicial terá um ícone denominado “Cartão de Débito Virtual” e clicar, após isso, vai abrir uma página como se fosse uma troca de mensagem.

É só clicar na opção “Usar agora meu Cartão de Débito Virtual”.O aplicativo vai solicitar a senha de acesso que você cadastrou para entrar no aplicativo.

Ao informar a senha, aparecerá uma imagem com as informações do seu cartão, como número, nome, validade e código de segurança. Basta digitar corretamente conforme orientação da loja.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.