Poupança ainda é um bom investimento em 2020? Saiba aqui!

A muitos e muitos anos a poupança é o investimento mais utilizado pelas pessoas no Brasil, devido a facilidade de investir, sacar e de não existir cobrança de imposto de renda nos rendimentos. Como é uma tradição das famílias, as pessoas confiam muito na poupança. Porém mesmo com as facilidades, a modalidade possui alguns problemas que atrapalham o crescimento de seu dinheiro todos os meses.

Poupança ainda é um bom investimento em 2020? Saiba aqui!
Poupança ainda é um bom investimento em 2020? Saiba aqui! (Imagem: Pixabay)

Para analisar se a poupança é um bom investimento é preciso olhar para o seu rendimento. Existe uma regra que foi criada pelo governo que trata do rendimento da poupança. Em qualquer circunstância, a alternativa do governo para a poupança é o tesouro Selic que sempre irá render mais.

Rendimento

Atualmente, a poupança rende 70% da taxa Selic mais a taxa referencial (TR). Esta taxa rende hoje 3% ao ano, mas tem previsão de queda para 2,25%, e a TR está no valor de 0.

A Selic é a taxa básica de juros do Brasil, sendo uma das ferramentas utilizadas pelo governo para controle da inflação e para incentivar a economia.

Desta forma, o rendimento da poupança é de 70% da taxa Selic (3%), ocasionando um valor de 2,1% ao ano. Este é o valor que estará disponível para você já sem contar com desconto de imposto de renda. É um rendimento muito baixo, mais diante da pandemia do coronavírus é justificável.

Desvantagens

Levando em conta só a taxa, já dá para constatar a desvantagem de deixar dinheiro na poupança, mas existem outros detalhes sobre ela que pioram mais ainda a sua situação.

A poupança rende apenas no seu aniversário, isto significa que o rendimento dela só entrará em sua conta depois de completar o prazo de um mês inteiro desde o dia que você realizou o depósito do seu dinheiro.

Se por exemplo, depósito for realizado dia 5, somente no dia 5 dos meses seguintes você irá receber o rendimento do mês anterior. Caso queira sacar o valor antes disso, perde todo o rendimento.

Poupança não é o investimento mais seguro

Diferente do que muitos acreditam, a poupança não é o investimento mais seguro disponível. A segurança é atrelada diretamente a saúde financeira do banco e do fundo garantidor de crédito (FGC) que garante depósitos de até 250 mil reais por CPF, para instituição financeira em casos de falência.

Você consegue encontrar opções de investimentos parecidos à poupança que rendem mais e são tão seguros quanto, como por exemplo o tesouro Selic e os CDBs. Para ter acesso a esses dois, é só abrir uma conta em uma corretora de valores.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.