Bolsa Família será substituído por novo programa com regras diferentes; entenda!

Nesta segunda-feira (8), o ministro da economia, Paulo Guedes, afirmou para deputados federais que o governo vai lançar o programa Renda Brasil para substituir o Bolsa Família. O novo sistema deve surgir logo após o fim da pandemia que foi causada pelo coronavírus. 

Bolsa Família será substituído por novo programa com regras diferentes; entenda!
Bolsa Família será substituído por novo programa com regras diferentes; entenda!(Ilustração: FDR)

De acordo com os deputados que participaram da reunião, o ministro disse que a iniciativa será um programa de transferência de renda para as pessoas mais vulneráveis, sendo mais abrangente que o atual. 

A ideia é incluir até os informais identificados pelo governo de Jair Bolsonaro e que são beneficiados pelo auxílio emergencial de R$600. Apesar da importância do assunto, Guedes não aprofundou mais sobre essa nova iniciativa. 

Desde o ano passado, a equipe do presidente Jair Bolsonaro quer fazer uma transformação no Bolsa Família. E já havia uma ideia na mudança de nome para Renda Brasil.

De acordo com os integrantes da equipe econômica, diversas áreas do ministério estão realizando estudo para aprimorar o desenho de programas sociais e usar melhor os recursos destinados a eles.

Segundo os deputados, essa decisão de lançar a iniciativa atrelada ao fim da pandemia é uma forma do governo suprir o fim da ajuda financeira paga por meio do auxílio, que começou a ser repassado em abril.

As análises feita pelo ministro Paulo Guedes e os deputados, é que a pandemia ajudou o governo a atualizar a base de dados de informais e isso poderia ser aproveitado no novo programa. 

A reunião realizada nesta segunda teve como intuito discutir com líderes de partidos de centro da Câmara medidas a serem tomadas após a pandemia do coronavírus. 

Os ministros Walter Braga Netto da Casa Civil, e Luiz Eduardo Ramos da Secretaria de Governo, também fizeram parte da reunião. 

Conforme os líderes de partidos políticos informaram após a reunião, Paulo Guedes mencionou dois choques passada a crise do coronavírus, o primeiro de empregos e o segundo de investimentos.

Esse segundo viria de aportes de dinheiro público para obras do governo que gerariam empregos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA