Bolsa alcança 90 mil pontos e dólar caí em nova trégua no mercado

Mercado financeiro segue em fase de instabilidade. Desde o início da contaminação do novo coronavírus, as bolsas de valores (nacionais e internacionais) e o dólar vem passando por uma sequência de reajustes negativos. No entanto, pela primeira vez, com as publicações sobre a reabertura das economias, o Ibovespa, principal indicador da bolsa, apresentou uma recuperação de 2,74% marcando 91.046 pontos. Já o dólar, encerrou a última sessão do dia com uma queda de 3,5%, sendo comercializado a R$ 5,211.  

Bolsa alcança 90 mil pontos e dólar apresenta nova queda (Imagem: Reprodução - Google)
Bolsa alcança 90 mil pontos e dólar caí em nova trégua no mercado (Imagem: Reprodução – Google)

Segundo os analistas, o principal motivo das alterações é que, tanto nacionalmente quanto internacionalmente, as aplicações estão voltando a ser realizadas. Nos Estados Unidos, o Dow Jones subiu 1,05%. S&P 500 e Nasdaq registraram avanços de, respectivamente, 0,82 e 0,59%. 

Eles alegam que, mesmo sendo um período ainda de riscos, o mercado acionário começou a reagir. Contrapartida, o dólar segue em situação de desvalorização, alcançando o menor patamar de seu preço desde de 8 de junho de 2018, quando houve a queda da divisa. 

Além disso, os desdobramentos políticos também interferem. Nos últimos dias, o país vem vivenciando uma série de confrontos devido a morte de George Floyd, homem negro que foi assassinado por um policial em Minneapolis (EUA) e gerou uma série de protestos. Mas, nem mesmo tal cenário, ainda minimiza o otimismo das atividades econômicas. 

— Também influencia positivamente nos mercados a não escalada das tensões e sanções entre China e Estados Unidos. Internamente, depois de um fim de semana mais agitado, as esferas políticas voltaram a falar de união e a tentar reduzir conflitos. Isso também contribui para um bom desempenho dos mercados — destaca Álvaro Bandeira, economista-chefe do banco digital Modalmais. 

Avanços na bolsa nacional  

Outro setor que começou a apresentar números positivos foi a bolsa de valores brasileira. Nos últimos dias, com os anúncios de retomada dos mercados, os investidores voltaram a apostar mais na Ibovespa. Somente nessa terça-feira (03), as empresas Azul e Gol apresentaram um acréscimo de 9,12% em suas ações. Já na CVC, o valor foi elevado para 21,04%.  

— Os planos de reabertura econômica não só lá fora, como aqui também, possibilitaram uma chance para que as empresas aéreas consigam ganhar cada vez mais fôlego. A retomada de voos, aos poucos, e principalmente, no eixo Rio-São Paulo, pode ser aproveitada de imediato. Nesta terça, essa percepção refletiu nas ações da Gol, que subiram mais do que a Azul. — destaca Marcio Loréga, analista da Ativa Investimentos. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.