Veja como antecipar 3 parcelas de R$1.045 do auxílio doença

INSS muda formas de pagamento mediante a prorrogação do fechamento de suas agências. Com a chegada da pandemia em todo o território nacional, as unidades presenciais do Instituto Nacional do Seguro Social tiveram que paralisar suas atividades. Desse modo, a validação dos benefícios passou a ser feita inteiramente online, incluindo as perícias médias para quem recebe o auxílio-doença. Além disso, o órgão passou a permitir a antecipação do pagamento, no valor de R$ 1.045, para quem for contemplado por essa modalidade. Saiba como solicita-la no texto abaixo.  

Veja como antecipar 3 parcelas do auxílio doença no valor de R$1.045 (Imagem: Reprodução - Google)
Veja como antecipar 3 parcelas do auxílio doença no valor de R$1.045 (Imagem: Reprodução – Google)

Tem direito ao auxílio-doença todos os beneficiários que estão incapacitados de realizarem suas atividades trabalhistas por algum problema de saúde.

Para poder ter acesso ao valor é preciso comprovar o quadro clínico mediante a apresentação de um laudo médico.

Antes da pandemia, esse procedimento era feito com os profissionais do próprio INSS, mas agora deve ser realizado por conta e risco do próprio cidadão.  

Como solicitar o auxílio doença 

Tendo em vista que as unidades físicas estão fechadas até o dia 19 de junho, o adoentado precisa ir até um médico de sua região e realizar os exames. É necessário que ele solicite, ao profissional, um comprovante (atestado) informando os motivos pelos quais está incapacitado e por quanto tempo deverá se manter ausente do trabalho.  

Com o documento em mãos, o cidadão deverá enviar, por meio do portal Meu INSS, solicitando o pagamento. O atestado passará por uma vistoria, feita pelo próprio instituto, para avaliar se é verdadeiro ou não.

Na sequência, se aprovado, a administração mandará um retorno e o valor da primeira parcela deverá ser depositado até 30 dias depois da confirmação.  

O envio do atestado pode ser feito por meio de uma foto ou então da digitalização do mesmo. É importante que no documento, conste as seguintes informações: assinatura e carimbo do médico com o número de seu CRM, informações sobre a doença e prazo de recuperação. 

Demais informes 

Para quem já está recebendo, o INSS se responsabilizou em manter os pagamentos até o fim do período de calamidade pública. Isso significa que, mesmo com problemas nos envios dos atestados, o segurado não poderá ter seu benefício cortado. O valor só ficará retido para os novos solicitantes, se não obedecerem às regras de adesão 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA