publicidade

A segunda parcela do 13° do INSS começa a ser paga hoje, 25 de maio, para aposentados e pensionistas. Devido a pandemia do coronavírus, o 13º salário foi antecipado para diminuir os impactos financeiros à população. A primeira parcela já havia sido paga, e a partir desta semana a segunda será liberada. Veja abaixo como consultar o saldo.

Consulta ao 13° do INSS pode ser feito NESTE portal; saiba como
Consulta ao 13° do INSS pode ser feito NESTE portal; saiba como (Imagem: Montagem/FDR)
publicidade

O beneficiário pode efetuar a consulta através do site e do aplicativo Meu INSS. O órgão disponibiliza o sistema para que o usuário consiga saber o valor alguns dias antes do recebimento. Aqueles que ainda não tem cadastro podem efetuar no primeiro acesso.

O aplicativo pode ser baixado de forma gratuita e está disponível para usuários Android e iOS. O beneficiário deve acessar a Google Play Store ou a Apple Store e fazer o download. Já no caso do site, é possível acessar por computador, tablet ou também pelo celular.

O portal Meu INSS pode ser utilizado para diversos outros serviços, desde agendamentos, solicitação de benefícios, entre outros.

De forma geral, o segurado pode consultar e acompanhar todas as informações de sua vida profissional, como por exemplo, dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

Calendário 13° do INSS

O calendário de pagamento segue o número final do benefício e não considera o digito verificado. Isto é, vale o número que vem antes do dígito e que pode ser observado no cartão de saque.

Para quem ganha até um salário mínimo:

  • Final 1: 25/05
  • Final 2: 26/05
  • Final 3: 27/05
  • Final 4: 28/05
  • Final 5: 29/05
  • Final 6: 01/06
  • Final 7: 02/06
  • Final 8: 03/06
  • Final 9: 04/06
  • Final 0: 05/06

Para quem ganha mais de um salário mínimo:

  • Final 1 e 6: 01/06
  • Final 2 e 7: 02/06
  • Final 3 e 8: 03/06
  • Final 4 e 9: 04/06
  • Final 5 e 0: 05/06

Alguns dias antes do pagamento o beneficiário já consegue efetuar a consulta através dos canais informados acima.

Além de consultar quanto receberá e se houve desconto do IRPF na parcela do benefício, o pensionista também consegue transferir o saldo disponível para uma conta corrente de sua preferência. Podendo fazer pagamentos, inserir no débito automático e evitar aglomerações nas agências bancárias para o saque

COMENTÁRIOS

VEJA TAMBÉM