FGTS vai liberar R$1.045 em junho; veja dicas de como NÃO usar o dinheiro

Com a pandemia do coronavírus, uma das grandes preocupações da população é com a perda ou diminuição da renda. Afinal, as contas continuam chegando e com o salário reduzido fica difícil manter o orçamento. Para que o impacto seja menor que o esperado, o Governo Federal vai liberar em junho um saque do FGTS no valor de um salário mínimo (R$1.045). Esse valor poderá ser sacado de contas ativas ou inativas.

FGTS vai liberar R$1.045 em junho; veja dicas de como NÃO usar o dinheiro
FGTS vai liberar R$1.045 em junho; veja dicas de como NÃO usar o dinheiro (Imagem FDR)

No ano passado, o saque imediato liberou R$500, porém agora, além do valor ser mais alto, não será acumulativo. Mesmo que o contribuinte tenha mais de uma conta, esse valor será o limite do que pode ser sacado.

Trata-se de uma renda extra que pode ajudar a diminuir as dificuldades nesse período. Sendo assim, separamos algumas dicas de como não gastar o dinheiro do FGTS. Veja:

  1. Deixando de pagar suas dívidas

Não deixe de usar esse dinheiro para quitar ou adiantar parcelas de algum empréstimo, cheque especial ou qualquer outra coisa do gênero. Essa opção é ainda mais ideal quando sua dívida é de alguma modalidade que tenha juros alto.

  1. Compras por impulso

Por conta na diminuição nas vendas, muitos comerciantes tem criado promoções para todo tipo de produto. Evite fazer compras por impulso apenas porque determinado produto está mais barato.

Procure usar o dinheiro para algo que realmente é necessário. Uma boa dica é desativar o recebimento de e-mails promocionais, pois assim você evita cair em tentação.

  1. Emprestar dinheiro

Caso algum amigo ou parente peça dinheiro emprestado, pense um pouco antes de aceitar. Analise a situação e lembre-se que a economia está prejudicada e mais para a frente é possível que você não receba esse dinheiro de volta.

  1. Investir em ações

O mercado de ações tem caído bastante nas últimas semanas, principalmente por conta da pandemia. Sendo assim, evite investir nelas nesse momento e procure investimentos mais seguros, de preferência de renda fixa. O ideal é não utilizar em investimentos arriscados, pois o período é difícil e ele pode fazer falta caso algo dê errado.

Para saber se tem direito, basta acessar o aplicativo do FGTS ou o site da Caixa, e verificar seu saldo.

 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.