Veja Também | FDR.TV


 

Microempreendedores do Mato Grosso do Sul contarão com reforço do Sebrae para superar a crise gerada pelo novo corona vírus. Nessa semana, o Sebrae MS está realizando uma ação de força tarefa que tem como finalidade tirar todas as dúvidas e auxiliar os pequenos empresários que estão tendo dificuldades em seus negócios, por causa da pandemia. A programação conta com atendimentos digitais e novos cadastros para quem quiser virar um MEI.  

Sebrae do MS lança novidade para ajudar MEI a superar crise do coronavírus (Imagem: Reprodução - Google)
Sebrae do MS lança novidade para ajudar MEI a superar crise do coronavírus (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Realizada até esta sexta-feira (22), a operação conta com a atuação de diversos servidores do Sebrae que estarão esclarecendo dúvidas e ajudando a categoria a se regularizar com o governo federal.

Quem desejar ter acesso ao auxílio emergencial, por exemplo, mas estiver com os dados irregulares poderá acessar o Portal do Sebrae para poder atualizar o cadastro.  

Por meio da página ‘MEI na Pandemia’, o instituto estará disponibilizando também uma série de conteúdos educativos com medidas que poderão ser adotadas pelos empresários para minimizar os efeitos da crise. Dicas de organização de finanças, modificações de contratos e solicitações tributárias estarão disponíveis.  

Os interessados poderão ter acesso aos prazos de prorrogação de benefícios, alterações de leis para os pequenos negócios e receberão orientações sobre como formular a Declaração Anual mediante as alterações geradas pela pandemia.  

“O Microempreendedor Individual é um dos públicos atendidos pelo Sebrae, e um dos grupos que mais necessitam de apoio, por isso temos atuado levando informação para ajudar o MEI a readaptar o negócio e continuar funcionando”, afirmou o superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça. 

Quem desejar aproveitar o momento para formalizar sua empresa como MEI também poderá fazer isso de forma gratuita. Basta acessar a página ‘Quero ser MEI’ do Sebrae, e preencher o formulário de cadastro.

A plataforma apresentará uma série de conteúdos sobre as vantagens, obrigações e desvantagens da oficialização, além disso dará o passo a passo para quem for dar entrada nas legislações solicitadas pelo governo federal.  

Para quem desejar virar MEI, o Sebrae reforça que as principais vantagens são: sair da informalidade, emitir notas fiscais, ter acesso a garantias sociais, como auxílio-doença e aposentadoria. Em caso de dúvidas, o instituto está disponível através do telefone: 0800 570 0800. 

COMENTÁRIOS

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.