Pedidos do INSS no estado de SP formam fila com 20 mil trabalhadores

No estado de São Paulo, cerca de 20 mil pedidos de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão parados nas filas virtuais. Atualmente, o tempo de espera na fila é de 96 dias, muito além do prazo que é previsto em lei, de 45 dias.

Pedidos do INSS no estado de SP formam fila com 20 mil trabalhadores
Pedidos do INSS no estado de SP formam fila com 20 mil trabalhadores (Foto: Google)

Na baixada Santista são 907 requerimentos que estão aguardando uma resposta por pelo menos 103 dias. 

Aqueles que moram em São Paulo e precisam de algum benefício assistencial, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o período de espera é de 164 dias, ou seja, mais de cinco meses para que o solicitante tenha uma resposta. Essa é a solicitação mais demorada. 

O BPC é pago para os idosos com mais de 65 anos que não possuem condições financeiras de se manter, e para pessoas com deficiência, desde que esses não tenham uma renda superior a um quarto de um salário mínimo, ou seja, R$261,25. O valor pago é de um salário mínimo R$1.045.

Os trabalhadores que estão em busca de sua aposentadoria sofrem ainda mais. Para este benefício, são 128 dias para ter algumas resposta do órgão. Ao todo, estão em espera cerca de 215 solicitações no INSS.

Agências

Para evitar aglomerações, o órgão fechou as agências e os seus atendimentos estão suspensos pelo período em que durar o isolamento social.

Serão mantidos apenas os atendimentos agendados para o cumprimento de exigências de requerimentos de benefícios previdenciários e assistenciais, perícias médicas previdenciárias e avaliações. 

Os acompanhantes serão permitidos apenas em situações indispensáveis. A maior parte dos serviços podem ser realizadas pelos canais digitais como o MEU INSS e no site

Além disso, caso o contribuinte ainda tenha dúvidas sobre o requerimento pode ligar no telefone 135.

MEU INSS

Ao acessar o aplicativo, o trabalhador tem suas principais informações de sua vida, como o tempo em que já contribuiu para o INSS.

O contribuinte pode acessar as informações completas sobre a sua vida como trabalhador, para isso basta acessar a opção Extrato Previdenciário (CNIS).

Também é possível fazer a solicitação de seu benefício, renovação e o acompanhamento por meio do aplicativo e assim, não precisar sair de casa para saber mais sobre.

Desde o mês de maio, a forma de se cadastrar e obter a senha para acessar o Meu INSS também mudou.

Caso o usuário ainda não seja cadastrado no Meu INSS, é preciso acessar o site acesso.gov.br e se inscrever. 

A mudança faz parte da ação do Governo para unificar os logins, portais e sites institucionais a fim de facilitar a vida do cidadão que busca os serviços públicos na internet.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.