Governo começa a liberar benefício que compensa jornada de trabalho reduzida

Nova rodada de pagamentos beneficia trabalhadores que tiveram sua jornada de trabalho reduzidas. Nessa segunda-feira (4), o governo federal deu início a liberação de verba para aqueles brasileiros que foram impactados pela MP que permite cortes de salário de até 70%. A ação faz parte do pacote de contenção da crise do coronavírus e deverá ser realizada durante os próximos três meses.  

Governo começa a liberar benefício que compensa jornada de trabalho reduzida (Imagem: Reprodução - Google)
Governo começa a liberar benefício que compensa jornada de trabalho reduzida (Imagem: Reprodução – Google)

Os valores serão repassados por meio da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, e sua quantia irá variar de acordo com a redução aplicada ao servidor. No caso daqueles que tiveram cortes de 25%, o recebimento será 75% de responsabilidade de sua empresa e 25% do governo federal.  

Quem teve a renda reduzida em 50%, receberá 50% da empresa e 50% do poder público. Para os mais afetados, com redução de 70%, o ministério da economia irá custear a porcentagem e a empresa deverá desembolsar os 30% restantes.

Por fim, as pessoas com os contratos suspensos, receberão seus salários pelo governo federal. O valor do seguro-desemprego pode variar de R$ 1.045 a R$ 1.813,03. 

A liberação para todas as categorias acontecerá 30 dias após a validação do contrato, que deve ser feita por meio do e-Social. 

O empregador, ao entrar em acordo com seu funcionário, deverá solicitar o benefício emergencial através do site: https://servicos.mte.gov.br/bem/#empregador 

Caberá a Caixa e ao Banco do Brasil depositar as quantias nas contas informadas, como uma espécie de DOC. O serviço será gratuito e não implicará em reduções salariais.  

Centrais de atendimento do governo

Aqueles que desejarem se informar a respeito, podem entrar em contato por meio do Portal de Serviços ou pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Além disso, há uma central de telefone, número 158, onde os atendentes estarão auxiliando nos cadastros.  

No Banco do Brasil, o site bb.com.br/bem, permitirá que os beneficiários acompanhem os pagamentos. Eles poderão se informar também por meio do WhatsApp (61) 4004-0001, além de telefone específico: 4003 5285 nas capitais e 0800 729 5285 nas demais localidades. 

Já na Caixa, as informações oficiais serão concedidas pela página http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/beneficio-emergencial e pelo Serviço de Atendimento ao Cliente pelo 0800 726 0207. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Governo começa a liberar benefício que compensa jornada de trabalho reduzida

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA