Caixa deposita hoje R$1,2 bi para pagar 1ª parcela do auxílio emergencial

Nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial contou com o investimento de mais de R$ 1 bilhão. Nessa sexta-feira (24), a Caixa Econômica Federal irá injetar R$ 1,2 bilhões para os brasileiros que se cadastraram recentemente no aplicativo Auxílio Emergencial. Cada beneficiário terá direito de receber entre R$ 600 e R$ 1.200 e, segundo a instituição, serão contempladas mais de 1,9 milhão de pessoas. A liberação já foi aprovada pelo Ministério da Cidadania e terá início amanhã (25).

Caixa deposita hoje R$1,2 bi para pagar 1° parcela do auxílio emergencial (Imagem: Reprodução - Google)
Caixa deposita hoje R$1,2 bi para pagar 1° parcela do auxílio emergencial (Imagem: Reprodução – Google)

Até essa quinta-feira (23), o governo contabilizou o cadastro de mais de 45,9 milhões de cidadãos.

Além do app, as solicitações estão sendo feitas por meio do site auxilio.caixa.gov.br, que já registrou mais de 275 milhões de acessos. Desde o início do pagamento, no dia 9 de abril, mais de 33,2 milhões de pessoas já receberam o benefício.  

Formas de pagamento do auxílio emergencial 

Para quem é correntista da Caixa ou do Banco do Brasil, os depósitos foram feitos primeiro. Nesse caso, os valores foram enviados diretamente na conta dos cadastrados. O mesmo aconteceu para aqueles que possuem vínculo com outras instituições financeiras, como o Bradesco, Santander e Itaú.  

No caso daqueles que não estão ligados a nenhum banco, a Caixa criou mais de 30 milhões de poupanças digitais. Trata-se de uma conta online, onde os cadastrados terão o direito de receber os valores do benefício, consultar salto e realizar transferências gratuitas para demais instituições.  

Para poder ter acesso a conta digital é preciso formalizar o pedido na hora do cadastro (via aplicativo ou site) informando dados como nome completo, informe de renda, número de documentação e endereço.  

Pagamento para os beneficiários do Bolsa Família 

Entre os grupos contemplados, os beneficiários do Bolsa Família terão direito a receber acréscimos em seus auxílios de modo que chegue até o valor de R$ 600 ofertado pelo coronavoucher. 

Para esse grupo, o calendário de pagamento segue o mesmo já anunciado pelo Ministério da Cidadania e deverá se manter até o mês de junho. 

Nesse caso, os saques acontecem nos últimos 10 dias úteis do mês com a apresentação do cartão do programa. O calendário segue o número final do benefício impresso no cartão.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.