13° salário do INSS começa a liberar primeira parcela hoje! Veja quem recebe

Aposentados e pensionistas devem ficar atentos, pois nesta sexta-feira (24) começa o pagamento do 13° salário do INSS. Neste primeiro dia, o benefício começa a ser depositado nas contas de quem tem o final do cartão 1.

13° salário do INSS começa a liberar primeira parcela hoje! Veja quem recebe (Montagem/FDR)
13° salário do INSS começa a liberar primeira parcela hoje! Veja quem recebe (Montagem/FDR)

O pagamento faz parte de uma medida, na qual o governo decidiu adiantar o pagamento da duas parcelas do 13° salário para assegurar os brasileiros com uma quantia em dinheiro durante a pandemia do novo coronavírus.

Vale ressaltar que o calendário obedece as questões já definidas nos meses anteriores, com a divisão para aqueles que recebem até um salário mínimo e os demais que recebem valor maior. Primeira parcela começa a ser paga para quem ganha salário base.

Os que recebem mais tem o pagamento iniciado apenas em maio, com data marcada para 4 de maio, seguindo até o dia 8 do mesmo mês.

Já início da segunda parcela do 13° salário do INSS será em 25 de maio e segue até 5 de junho. Vale destacar que calendário obedece os critérios de recebimento já comuns.

Então, para aqueles que recebem mais do que o piso de salário nacional os depósitos obedecem uma outra ordem, sendo a primeira no dia 4 de maio e segunda no dia 1° de junho.

De acordo com o INSS, 35,6 milhões de pessoas receberão seus benefícios de abril. Sendo que desse total, 30,7 milhões recebem a primeira parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,7 bilhões.

Calendário 13° salário do INSS 2020

Beneficiários que recebem um salário mínimo – R$ 1.045

 

Beneficiários que recebem mais de um salário mínimo: 

Quem tem direito ao pagamento

O direito à esta remuneração é para todos que durante o ano de 2019 receberam um desses auxílios:

  • Aposentadoria
  • Pensão por morte
  • Auxílio-doença auxílio-acidente
  • Auxílio-reclusão
  • Salário-maternidade

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao 13º salário.

O governo federal espera que a antecipação do décimo terceiro do INSS para este público faça a injeção de R$ 23 bilhões na economia na tentativa de estimular a compra e movimentação de dinheiro no país. E também auxilie as pessoas neste momento tenso vivido por todos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.