Governo estuda novas regras para o emprego Verde e Amarelo; saiba como fica

Novas medidas estão sendo definidas para tentar auxiliar de forma positiva o programa Emprego Verde e Amarelo, no qual visa aumentar o número de trabalhadores registrados no país. Para isso, oferece condições especiais para empregadores.

Governo estuda novas regras para o emprego Verde e Amarelo; saiba como fica (Reprodução/Internet)
Governo estuda novas regras para o emprego Verde e Amarelo; saiba como fica (Reprodução/Internet)

A sugestão foi dada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, na última semana, que decidiu solicitar ao presidente Jair Bolsonaro a edição na medida provisória (MP) 905. De acordo com interlocutores internos, medida foi acolhida e um novo texto começou a ser elaborado neste domingo (19).

Leia Também: Emprego para Jovens: MP Verde e Amarelo pretende estimular vagas

Vale relembra que o texto original do Programa Verde e Amarelo já foi aprovado pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira, em sessão remota, mediante ao fechamento do plenário por causa dos impactos da pandemia do novo coronavírus.

Texto agora segue para o Senado para ser aprovado. Mas, na última sexta-feira, o presidente da casa decidiu por retirar o texto de votação e não garantiu que o mesmo entraria em discussão antes da perca da sua validade, datada para hoje (20).

Davi, por sua vez, explicou o motivo pelo qual solicitou ao presidente a reedição da MP. Segundo publicação na rede social, ele destaca que com esse procedimento sendo feito, o “Congresso Nacional terá mais tempo para aperfeiçoar as regras desse importante programa”, finaliza.

A Casa Civil, por sua vez, inicialmente se posicionou contra a reedição da MP, justificando que mapeamento de votos apontava que o texto enviado pela Câmara seria aprovado por 47 dos 81 senadores.

Mas, decisão tomada pelo presidente do Senado foi justificada, segundo ele, como uma necessidade de postergar a votação sendo correlato a demais líderes, preferindo assim dividir a responsabilidade com os mesmos, inclusive de oposição.

Leia Também: ESTE banco anuncia novidade incrível para clientes empreendedores

Na manhã deste domingo (19), Alcolumbre detalhou a decisão de solicitar a reedição sob a justificativa que evitaria um prejuízo maior, que seria caducaria a MP do emprego Verde e Amarelo. Alegando que os senadores queriam fazer mudanças no texto, o que exigirá uma nova análise da Câmara.

Até a meia noite de hoje (20) o Executivo tem para publicar uma nova MP reeditada, com isto, a medida seguirá o trâmite normal de até 120 dias no Congresso. E, por fim, poderá ser votada mais uma vez e não perderá validade e processo seja extenso.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA