Você PODE organizar sua dívida com cartão crédito (eis aqui como!)

O cartão de crédito é o parceiro de muitos brasileiros na hora de fazer as compras. Mas este “amigo” pode te passar a perna se não for usado com consciência. Não se planejar com os gastos, é uma das principais causas de endividamento das famílias. Nesta matéria vamos dar dicas de como organizar sua dívida com o cartão de crédito.

Dica: aprenda como organizar sua dívida com o cartão em tempos de crise
Dica: aprenda como organizar sua dívida com o cartão em tempos de crise (Foto: Google)

Devido a pandemia do coronavírus, infelizmente muitos podem perder seus empregos e sua renda, ou terem os mesmos reduzidos. Como isto não era esperado, algumas pessoas vão ficar sem dinheiro para pagar as contas.

Leia mais: Coronavoucher: diaristas poderão receber auxílio emergencial? Veja AQUI!

A taxa do rotativo do cartão em janeiro atingiu 316,8% ao ano, de acordo com o Banco Central. Em caso de dívidas, a melhor forma de lidar com elas é tentando formas de renegociação com o banco emissor do cartão.

Dicas para negociar sua dívida com o cartão

Estude sua situação no momento

Comece estudando sua situação financeira pelos próximos seis meses. Se ela permanecer a mesma do período antes da crise e suas finanças estiverem em equilíbrio, é um ótimo sinal e você deve continuar pagando seu cartão normalmente. Porém se esta não for a realidade e você perceber que o orçamento vai ficar comprometido, a dica é parar o pagamento e renegociar a dívida.

Entre em contato com o banco e informe sua situação

Entre em contato com o banco emissor de seu cartão, explique a situação e peça a renegociação de sua dívida. É aconselhável pedir uma carência de 180 dias e o parcelamento em 12 vezes sem juros ou que siga a taxa Selic(3,75% ano). Tente até que consiga um acordo.

Leia mais: Cresce acesso ao Meu INSS com atendimento adaptado

Caso não consiga, procure empresa de recuperação de crédito

Se após esgotar todas as possibilidades, não conseguir boas condições de renegociação com o banco, a dica é procurar uma empresa de recuperação de crédito para que consiga taxas mais baixas.

O Feirão Limpa Nome do Serasa por exemplo, é realizado todos os anos e é uma das melhores opções para renegociar as dividas com cartão. Os consumidores conseguem descontos impressionantes que chegam a até 90%. A negociação é realizada diretamente com a empresa que o cliente está inadimplente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA